TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Esportes • 23 de fevereiro de 2017 • 10h45

Visivelmente abandonado, campo do Jardim Bandeirantes aguarda recursos para a utilização

O local, que leva o nome do primeiro presidente e fundador da Associação de Moradores dos Jardins Bandeirantes, Industrial e Circunvizinhos (SABBI), Custódio Fernandes Nogueira, o Estádio "Nogueirão” como é conhecido, não recebe uma partida há muito tempo


Segundo Mário Corrêa Faria Júnior “Marinho”, presidente da SABBI, explica como que o local chegou nessa situação. “A gestão retrasada, em uma das limpezas do antigo lixão que ficava ao lado do campo, retirou muita terra do local o que acabou desbarrancando a lateral do campo. Depois uma forte chuva ajudou a deixar o local impróprio para a utilização. Eu acredito que se na época fosse atendido o nosso pedido de restauração e tivesse solucionado o problema, que na época era mais simples, nós não teríamos chego nessa situação.”

Para ele, e expectativa é de não só arrumar o campo, como também construir uma pequena área de lazer apara os moradores. “Nós não queremos apenas arrumar o campo, mas também construir uma pequena área de lazer para que a população possa utilizar”, conta. “Nós estamos há muito tempo tentando arrumar o campo, fazer com que a população do jardim bandeirantes faça o uso do espaço. O campo já foi muito utilizado pela população local e dos bairros vizinhos, e hoje está abandonado. Inclusive o tráfico de drogas é visto por aqui, o que traz medo aos moradores próximos”, explica Marinho.

Com o local em perfeito estado para uso, a SABBI pretende organizar eventos no campo. “Nós vamos juntar esforços pra que o local possa novamente ser utilizado pela população. E a partir do momento em que a gente tive o espaço revitalizado a própria SABBI vai organizar campeonatos e outros eventos no local”, conclui Marinho.

O presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL) Fernando Madureira, também visitou o local e conta como se sentiu quando chegou ao campo. “A primeira visão é de tristeza. É um ambiente bacana aonde a comunidade poderia utilizar para a prática esportiva e deixaram chegar nessa situação. É um prejuízo para a comunidade esse local estar dessa maneira, assim você não proporciona a oportunidade de encontrar novos talentos e não proporciona principalmente saúde para a comunidade”, conta.

Ele explica como pode ajudar na restauração do local. “A nossa ideia inicial é mapear o local e começar a procurar uma saída para que o local volte a ser utilizado. Os alambrados eu acredito que não é complicado de arrumar, vamos buscar uma solução para o barranco para dar início a restauração. Vamos trazer a secretaria de obras para analisar o espaço e ver qual a melhor solução. Já visitei outras praças e vi que quanto mais movimento esportivo, menos problemas locais são vistos. A comunidade tem que utilizar esse espaço o quanto antes”, explica Madureira.

Repórter Henrique Reis

Clique nas fotos para ampliar

Vestiário foi incendiado por vândalos. Foto: Henrique Reis
Fernando Madureira, presidente da Fundação de Esportes de Londrina. Foto: Henrique reis
Marinho, presidente da Associação de moradores do jardim Bandeirantes. Foto: Henrique Reis


Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário