TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Saúde • 01 de abril de 2017 • 12h05

Ibiporã: Campanha de vacinação contra a dengue é prorrogada até 7 de abril

Pessoas entre 15 e 27 anos têm mais uma semana para tomar a primeira ou segunda dose da vacina. Proteção só é eficaz após tomar as três doses.

A vacinação contra a dengue no Paraná será estendida até 7 de abril. A Secretaria de Estado da Saúde decidiu ampliar o prazo para imunizar mais pessoas, principalmente nas maiores cidades, como Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu e Paranaguá, que ainda estão com resultados abaixo do esperado. Até ontem (31), 65% do público-alvo para a segunda dose foi vacinado.

Segundo o Setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Ibiporã, desde o início da campanha, no dia 3 de março, até agora foram aplicadas 4.308 doses da vacina, atingindo um índice de 38,55%. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar todas as 4.370 pessoas que receberam a primeira dose da vacina em agosto/setembro de 2016. Contudo, apenas 2.730 adolescentes e jovens entre 15 e 27 anos foram imunizados com a segunda dose.

Em Ibiporã, a vacina está disponível gratuitamente em todas as Unidades Básicas de Saúde. Para se imunizar é necessário apresentar os seguintes documentos: documento oficial com foto, comprovante de endereço, carteira de vacinação e cartão SUS, caso os possua. A vacina é contraindicada apenas para gestantes, mulheres que amamentam e imunodeprimidos.

Segundo a secretária de Saúde, Andrea Stroka, a orientação da 17ª Regional de Saúde é focar na segunda dose da vacina, fazendo a busca ativa de casa em casa. “A imunização é completa somente após a aplicação de três doses. Esta também será a última oportunidade para tomar a primeira dose. Na próxima etapa, em setembro, ela não será oferecida”, alerta Andrea.

A vacina é eficaz contra todos os tipos de dengue (quatro sorotipos) e reduz em 93% os casos graves da doença, aqueles que levam ao óbito. "A imunização busca diminuir a circulação viral da dengue pelo estado. Por isso, é muito importante o apoio e incentivo dos pais para que os jovens e adolescentes sejam imunizados, pois além de proteger a pessoa que tomou a vacina, evita a transmissão para outros", ressalta a coordenadora de Epidemiologia, Sebastiana Caetano Riechel.

O Paraná é o primeiro das Américas a fazer uma campanha pública contra a dengue. A Dengvaxia, vacina produzida pela empresa francesa Sanofi Pasteur, é pioneira no mundo e foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em dezembro de 2015, depois de 20 anos de pesquisa e a comprovação de sua efetividade (eficácia global de 66%).

Dengue em Ibiporã

Em Ibiporã, conforme o setor de Epidemiologia, de agosto de 2016 até agora foram notificados 430 casos de dengue, sendo sete confirmados, todos autóctones (contraídos no próprio município). 

Previna-se contra a dengue, zika e febre chikungunya

- Mantenha seu quintal limpo e sem lixo;

  - Use repelente;

 - Não deixe o corpo exposto, use roupas que protejam braços e pernas;

 - Use inseticida dentro de casa durante o dia, principalmente atrás dos móveis e em cantos escuros;

- Instale telas nas janelas para evitar que o mosquito entre;

- Mantenha as portas fechadas;

 - Lave a vasilha de água dos animais pelo menos uma vez por semana com água corrente, bucha e sabão;

 - Jogue no lixo tudo o que acumula água. Ex.: tampas de garrafas, cascas de ovos, latas, copos descartáveis, plástico de cigarro, etc;

 - Evite plantas que acumulam água, como as bromélias. Sempre coloque areia nos pratos de todos os vasos de plantas;

 - Tire folhas, galhos e tudo que possa impedir a passagem da água pelas calhas;

 - Deixe sempre a caixa d'agua fechada;

 - Vistorie reservatórios de climatizadores e bandejas externas de geladeiras

 (Fonte: Secretaria Municipal de Saúde)



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário