TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Londrina • 03 de abril de 2017 • 08h20

Vetor da economia, turismo terá destaque na ExpoLondrina

Conferência Municipal de Turismo e Jornada de Turismo serão realizadas dentro do maior evento da cidade e da região, junto à Estação Turismo

Com o tema Agronegócio, Tecnologia e Novos Horizontes, a Expo Londrina 2017 expande também os horizontes para o turismo de negócios e eventos na cidade. A feira, considerada uma das exposições mais completas da América Latina, recebe visitantes de Londrina e Região, de todo o Brasil e também de outros países, fazendo parte do cenário de eventos que Londrina sedia durante o ano.

Para se ter uma ideia, são cerca de 50 setores que são movimentados direta e indiretamente pelo turismo de negócios e eventos na cidade, como transporte, hospedagem, alimentação, recreação e entretenimento, entre outros.

Para ser considerado turista, quem vem de fora para a exposição deve pernoitar na cidade ao menos uma noite. Dos 520 mil visitantes que a feira deve receber em 11 dias, ao menos 10% devem se enquadrar na categoria de turistas, com um gasto médio de R$ 320 por pessoa, por dia, além dos visitantes que passam o dia ou a noite na cidade.

Pensando na grandiosidade do evento para a cidade e sua economia, este ano a Expo Londrina contará com a Estação Turismo, que traz palestras corporativas, painéis com casos de sucesso do turismo, guias credenciados Embratur auxiliando o tour dos visitantes pela feira, mostra de sabores e um espaço com atrações na Fazendinha / Via Rural.

A feira também será sede da 4ª Conferência Municipal de Turismo e da 1ª Jornada de Turismo, que devem receber representantes do poder público, sociedade civil organizada, empresas e interessados em discutir a economia dos negócios e eventos em Londrina.

A Conferência Municipal será realizada hoje, dia 3 de abril e será a base para a formulação de políticas públicas e para o direcionamento dos recursos municipais para o turismo. Serão debatidos quatro temas: Ferramentas Tecnológicas para o Desenvolvimento do Turismo; Desenvolvimento do Turismo de Negócios e Eventos; Turismo e a Sustentabilidade Econômica, Sociocultural, Ambiental e Patrimonial; e Educação para o Turismo e Valorização do Patrimônio.

De acordo com o diretor de Turismo da Codel, Fabian Trelha, a conferência será uma oportunidade para pensar os rumos do turismo em Londrina. “A conferência é um instrumento legal para a população, que irá resultar em ações e políticas públicas. Queremos uma conferência o mais inclusiva possível. Vamos falar de temas importantes para o turismo de eventos e negócios na cidade, e pós conferência, queremos a integração de todo o trade a partir do setor”, explica.

O diretor também destaca a importância do turismo para a cidade. “Hoje estamos pensando no turismo como vetor do desenvolvimento econômico de Londrina. A cidade está pronta, são 7,2 mil leitos de hotel, uma gastronomia variada, espaços para lazer, então estamos contando com o empresariado, inclusive do setor do agronegócio, para contribuir com as discussões”.

Jornada

No dia 6 de abril acontece a primeira Jornada de Turismo de Londrina. Serão realizadas duas palestras com os temas: A importância do turismo de negócios e eventos para a economia de Londrina e Região; e A Londrina de Amanhã, com as palestrantes Vaniza Schuller e Juliana Quadros, além de um painel com Arnaldo Falanca, do Londrina Convention Bureau, e Fabian Trelha, da Codel.

Para o delegado da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav), Marcos Romani, a jornada vem para consolidar as ações do turismo na cidade. “O turismo está desembarcando pela primeira vez na Expo Londrina com força total. A cidade tem um potencial altíssimo para fazer eventos corporativos e grandes eventos como a própria exposição, que é a maior feira de agronegócio da América Latina, movimentando toda nossa economia e turismo. As pessoas vêm à feira e aproveitam para conhecer roteiros, passear, ir ao shopping, ao lago. Não tem palco melhor para discutir o turismo na cidade”, conclui.

Asimp/Núcleo de Turismo de Londrina



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário