TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Londrina • 04 de abril de 2017 • 16h48

Economia Solidária participa da ExpoLondrina 2017

Cerca de 50 trabalhadores do programa municipal estão vendendo produtos artesanais de qualidade e preços justos

O Programa de Economia Solidária, conduzido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, está com um espaço próprio para comercializar seus produtos durante a 57ª Exposição Agropecuária de Londrina, realizada no Parque de Exposições Ney Braga até o dia 9 de abril. Ao todo, 25 grupos de trabalho, totalizando cerca de 50 pessoas que integram o programa municipal, participam do evento em uma área ampla com mais de 350 metros quadrados.

O público que for à ExpoLondrina 2017 terá a oportunidade de conhecer e adquirir diversos produtos exclusivos e de qualidade a um preço justo. Nesta edição da feira, o foco é a venda de produtos de artesanato e decoração, com peças de bordado, patchwork, crochê, tecidos, toalhas, panos de prato, tapetes, velas, sabonetes, bordados infantis e de cozinha, além de diversos produtos de decoração para a casa. Também estão sendo comercializados pães caseiros, naturais e sem conservantes.

O gerente da Economia Solidária, Paulo Aragão, informou que o espaço foi cedido gratuitamente pela Sociedade Rural do Paraná, por meio de uma articulação com a Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda e Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda. “O espaço é essencial para a divulgação do programa, estimulando e valorizando os produtores locais. O grande fluxo de frequentadores da exposição permite que as pessoas conheçam a Economia Solidária e comprem produtos bons com valores acessíveis. O mais importante do programa é valorizar o ser humano, aquele que produz para a cidade dentro de uma gestão democrática”, destacou.

Para a aposentada Ercília da Silva Rodrigues, artesã que participa da Economia Solidária há seis anos, a presença do programa na ExpoLondrina traz mais visibilidade para a iniciativa e representa uma boa oportunidade para os trabalhadores mostrarem suas produções. “Faço trabalhos de artesanato há várias décadas, mas, com o Programa de Economia Solidária, contamos com esse suporte e com um espaço próprio e mais adequado, reunindo boas condições para nós expormos as mercadorias”, ressaltou.

Na ExpoLondrina 2017, o Programa de Economia Solidária está em um espaço mais amplo e bem localizado, com horário de atendimento das 9 da manhã até o encerramento do dia. As barracas ficam localizadas ao lado do Parque de Diversões, próximo à área de exposição dos equipamentos do Exército Brasileiro.

A concepção da identidade visual do espaço e das barracas da Economia Solidária foi produzida em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Unopar, por meio da professora do departamento de Design das universidades, Cibele Sitta, que fez toda a identidade visual do espaço.

N.com



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário