TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Cidades • 17 de abril de 2017 • 10h21

Entrega dos carnês do IPTU tem início nesta semana em Tamarana; primeiro vencimento é em 15 de maio

A Prefeitura de Tamarana começa a distribuir nesta terça-feira (18), os carnês do IPTU 2017 em todos os imóveis da zona urbana cadastrados junto ao município. A intenção da administração local é fazer a entrega em mãos para os proprietários, mas, se eles não forem encontrados, poderão retirar o boleto pessoalmente no setor de Tributação, que fica na própria prefeitura (Rua Izaltino José Silvestre, 643).

O Imposto Predial e Territorial Urbano, o Imposto Sobre Serviços e demais taxas municipais cobradas em Tamarana tiveram acréscimo de 7,19% em 2017. O número leva em conta somente a inflação registrada pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) durante o último ano.

A primeira parcela do IPTU vence em 15 de maio. Ao pagar o tributo em cota única, o contribuinte tem desconto de 5%. A opção pelo pagamento à vista, além de propiciar economia para o cidadão, também é positiva para o município. Os recursos oriundos do imposto são necessários para que serviços em áreas como Assistência Social, Educação, Saúde e Obras estejam à altura das necessidades da população tamaranense.

Aposentados cujos rendimentos não ultrapassem dois salários mínimos e que possuam apenas um imóvel têm direito à isenção do IPTU. Para isso, é preciso ir até o setor de Tributação e, além do carnê do imposto, apresentar cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, último comprovante de recebimento da aposentadoria e cartão do banco pelo qual recebe o benefício.

Já o contribuinte que paga o ISS e taxas como o alvará de licença deve acessá-los e imprimi-los no site da Prefeitura da Tamarana (tamarana.pr.gov.br), no ícone “Tributos Web” – ou, então, realizar o procedimento por meio de seu contador.

Para mais informações a respeito do pagamento de impostos municipais em Tamarana, a população pode ligar diretamente para o setor de Tributação, que atende no 3398-1935.

ASCOM/PMT



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário