TV União Rádio União Impressas - PDF Interativo

Cidades • 18 de maio de 2017 • 14h02

Radares de velocidade passam por aferição em Londrina

Checagem é feita pelo Ipem por solicitação da CMTU

A pedido da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) iniciou, no último domingo (14), a aferição dos radares e aparelhos de monitoramento de avanço de sinal e parada sobre a faixa instalados em Londrina. A verificação, que tem validade de um ano, deve ser finalizada até sexta-feira (19). Até lá, os equipamentos posicionados nos 18 pontos da área urbana do Município serão checados de modo a garantir o correto funcionamento dos dispositivos e a fidelidade dos dados captados.

De acordo com o diretor de Trânsito da companhia, Hemerson Pacheco, a solicitação da CMTU ao Ipem atende a uma previsão legal de que, anualmente, os aparelhos de fiscalização eletrônica passem por uma série de exames que atestem o seu bom funcionamento. “A companhia tem total interesse nesse procedimento, já que os testes são feitos por um órgão independente, isento e imparcial. Ou seja, os resultados apontados dão credibilidade às informações captadas.”

O diretor conta que parte dos motoristas autuados por excesso de velocidade apresentam recurso contra a multa, mesmo tendo conhecimento de que a autuação foi emitida mediante fiscalização eletrônica. “Até agora, nenhum dos  dispositivos aferidos pelo Ipem apresentou quaisquer irregularidades. Então, a chance de que o condutor não desenvolvia a velocidade indicada pelo radar no momento em que passava pela área monitorada é quase nula. Ocorre que, muitas vezes, a largura e a calibragem dos pneus do veículo influenciam no que é mostrado no velocímetro. Isto é, o automóvel pode marcar velocidade compatível com a via mas, na verdade, o carro está correndo bem mais”, explica Pacheco.

Autuações - Entre janeiro e abril, os radares fixos e móveis, mais os aparelhos que monitoram o avanço de sinal vermelho e a parada sobre a faixa de pedestres, registrou um total de 35.757 infrações. Ultrapassar o limite de velocidade da via em até 20% teve 22.310 registros. Em 2016, a quantidade de autuações emitidas por meio de fiscalização eletrônica ficou em 110.763.

N.com



Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário