Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em mais uma ação diferenciada, a Adama traz ao Paraná o caminhão Apresa na Estrada, que vem circulando em diferentes regiões do País, e, ontem (29), chegou ao estado vindo de Goiás e ficará até 7 de março, passando por nove municípios, iniciando em Assis Chateaubriand, passando por Brasilândia do Sul, Distrito de Francisco Alves, Maripá, Alto Santa Fé, Santa Rita D'Oeste, Distrito de Terra Roxa, Palotina e terminando em Guaíra.

O objetivo do Apresa na Estrada é apoiar os agricultores quanto ao manejo integrado de plantas daninhas e demonstrar as novas tecnologias da companhia para o segmento de herbicidas. O veículo personalizado, que oferece uma experiência com foco nos diferenciais de tecnologia de formulação do portfólio ADAMA percorrerá ao todo mais de 30 municípios, até o fim de março, com a expectativa de impactar cerca de 4 mil agricultores.

O capim-amargoso (Digitaria insularis) e o capim-pé-de-galinha (Eleusine indica), estão entre as principais plantas daninhas na cultura da soja em território nacional. Estas plantas exigem um cuidado especial dos agricultores pois são consideradas de difícil controle e com grande capacidade de propagação nas áreas. Por consequência, o prejuízo econômico destas invasoras é grande e o manejo não pode permitir erros.

Estima-se que, em média, as plantas daninhas ocasionam perdas de 35% nos sistemas de produção. “O uso de herbicidas faz parte do manejo integrado de plantas daninhas e é considerado fator crítico de sucesso. Foi olhando para esta problemática que a ADAMA lançou recentemente três novos herbicidas: Apresa®, Araddo® e Cheval®. Nossa proposta é ajudar o agricultor a manter ‘a cultura no limpo’ para minimizar os impactos na produtividade”, alerta o gerente de Herbicidas da ADAMA Brasil, Vinícius Boleta.

A iniciativa leva o nome Apresa®, herbicida pré-emergente, com formulação inovadora para entregar mais eficácia de controle das invasoras com seletividade para a cultura da soja. O produto tem amplo espectro de controle de folhas largas e gramíneas, reduzindo os prejuízos decorrentes da matocompetição da cultura com o capim-amargoso e capim-pé-de-galinha por exemplo. A ação itinerante é uma parceria com a Brandtruck, que desenvolveu o truck customizado.

Flávia Camargo/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.