Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizou nos meses de outubro e novembro capacitações sobre o Pepro de Borracha Natural, nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. As oficinas foram realizadas para produtores, sangradores, cooperativas, sindicatos e associações e contou com a parceria do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) e o Ministério da Fazenda, bem como contou com o apoio dos Sindicatos Rurais locais, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA-SAA/SP), do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-SP).

Essas ações têm por objetivo capacitar o público e formar multiplicadores das informações sobre o instrumento de apoio à comercialização (Pepro) e o cadastro no Sican (Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais e Demais Agentes), para a participação nos leilões realizados para a borracha natural brasileira.

As primeiras capacitações tiveram início no dia 4 de outubro, em Barretos/SP e no dia 5, em São José do Rio Preto/SP. Em Mato Grosso do Sul, as ações aconteceram no município de Aparecida do Taboado, no dia 31 de outubro, de modo presencial e no dia 1º de novembro, em formato virtual, por meio do canal YouTube do MDA.

Sobre os trabalhos realizados, o superintendente de Operações Comerciais da Conab, Rogério Wilsom Gonçalves, considerou a importância da iniciativa junto aos produtores, na fase de preparo à participação no leilão, e destacou que levar a informação a quem necessita é uma forma de fortalecer as políticas públicas, ampliando as chances da efetividade dos resultados.

Asimp/Conab

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.