Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Reunião com representantes do KFW Bankengruppe foi marcado pela apresentação do programa de recuperação de áreas degradas e pelas oportunidades comerciais entre os países

Na quinta-feira (22), o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, recebeu representantes do KFW Bankengruppe, o banco de desenvolvimento da Alemanha, e na ocasião debateu sobre o trabalho que o Governo Federal vem fazendo para fomentar políticas com foco na agricultura sustentável. 

Também foi pautado na reunião as possibilidades de cooperação entre os países e oportunidades comerciais. “Estou muito feliz com o estreitamento da relação Brasil-Alemanha. Tenho certeza de que esta parceira irá gerar frutos para os dais lados”, pontuou Fávaro.

Durante o encontro, Cristiane Lalbach, membro do Comitê Diretivo do KPW, destacou que o banco tem a intenção de ampliar a cooperação com o Brasil e intensificar os projetos para apoiar a agricultura de baixo carbono, que é um tema muito importante para o governo alemão.

O ministro Fávaro ressaltou, ainda, que o Brasil vem dedicando esforços para selar o compromisso com a agenda da sustentabilidade. “Estamos deixando claro para o mundo que estamos trabalhando para uma produção consciente, equilibrada e que respeita o meio ambiente. Não precisamos avançar sob a floresta para produzir e o nosso programa de conversão de áreas de pastagens degradas está aí para provar isso”, explicou.

O Governo Federal instituiu em dezembro o Programa Nacional de Conversão de Pastagens Degradadas em Sistemas de Produção Agropecuários e Florestais Sustentáveis (PNCPD). A ideia é intensificar a produção de alimentos, sem avançar no desmatamento sobre as áreas já preservadas e com práticas que levem à não emissão de carbono.

A expectativa é de recuperar até 40 milhões de hectares de pastagens de baixa produtividade em áreas agricultáveis, em um período de dez anos. Com isso, a área de produção de alimentos no Brasil pode praticamente dobrar, sem desmatar e preservando as áreas de vegetação nativa.

Ainda, foi apresentada para os representantes do banco KPW as iniciativas do Plano Safra 23/24, que incentiva o fortalecimento dos sistemas de produção ambientalmente sustentáveis, com redução das taxas de juros para recuperação de pastagens e premiação para os produtores rurais que adotam práticas agropecuárias consideradas mais sustentáveis.

Ministério da Agricultura e Pecuária

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.