Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Sisbi-PEC busca padronizar e harmonizar os procedimentos de inspeção e fiscalização de insumos pecuários

O Serviço de Inspeção e Fiscalização de Insumos Pecuários da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) conquistou a equivalência junto ao Sistema Brasileiro de Inspeção e Fiscalização de Insumos Pecuários (Sisbi-PEC). A Portaria nº 873, foi publicada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) no Diário Oficial da União, da quinta-feira (17).

Com essa conquista, o Serviço Veterinário Oficial do estado passa a ter seus procedimentos de fiscalização de produtos de uso veterinário, padronizados igualmente o Mapa, garantindo a segurança dos insumos aos pecuaristas e consumidores.

“Com o reconhecimento da equivalência e a adesão do Estado ao Sisbi-PEC, o serviço oficial amplia sua capilaridade e capacidade de fiscalização do comércio de produtos veterinários, os empreendedores ganham celeridade nas autorizações necessárias para o funcionamento regular e os pecuaristas podem esperar maior segurança quanto aos produtos veterinários ofertados no comércio”, relata a diretora do Departamento de Suporte e Normas da Secretaria de Defesa Agropecuária, Judi Nóbrega.

O Sisbi-PEC faz parte do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa) e busca padronizar e harmonizar os procedimentos de inspeção e fiscalização de insumos pecuários, executados pelos entes partícipes do sistema, para assegurar a inocuidade, a identidade e a qualidade dos insumos utilizados na pecuária brasileira.

O Paraná tornou-se o quarto estado a entrar no sistema, juntando-se com os estados do Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Asimp/Sisbi-PEC

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.