Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com mais de 320 pessoas presentes, a Sicredi Dexis fechou, em Londrina, o ciclo do Prosa com o Produtor 2022, a primeira edição presencial após dois anos sendo realizado remotamente. O evento passou também por Piracicaba/SP;  São João da Boa Vista/SP; Maringá/PR; e finalizou em Londrina na última segunda-feira, no Pavilhão Internacional do Parque de Exposições Ney Braga, seguido de um jantar.

O Prosa levou a Londrina o superintendente de Estudos de Mercado e Gestão de Oferta da Conab, Allan Silveira dos Santos. Ele apresentou aos produtores “As Perspectivas para a Agropecuária – Safra 2022/23”, baseado em informações colhidas ao longo dos últimos anos, o cenário atual no mundo, e previsão de produção no Brasil e outros grandes países produtores de alimentos.

A mensagem de Allan dos Santos foi otimista. Segundo ele, a expectativa é que o Brasil produza 308 milhões de toneladas de grãos e isso motivado tanto pela recuperação da produtividade, como em função de crescimento de área. “A gente acredita num cenário de boa rentabilidade para o produtor, com preços remuneradores e isso deve estimular o aumento de área que, conciliado com a recuperação de produtividade, levará o Brasil a bater esse recorde de produção”, comentou. Ele também falou das boas perspectivas de estabilidade de preços para soja e milho, valorização do arroz e algodão e possibilidade de queda no preço do feijão cores.

Ao final da palestra, foi realizado um bate-papo entre o presidente da Sicredi Dexis, Wellington Ferreira, o presidente da Cooperativa Integrada, Jorge Hashimoto; e o presidente da Sociedade Rural do Paraná, Marcelo Janene El Kadre; com intermediação do gerente de Desenvolvimento do Agronegócio da Sicredi Dexis, Vitor Pasquini. Eles falaram sobre a importância da sustentabilidade e tecnologia para o desenvolvimento do agronegócio.

Alcance

Vitor Pasquini informou que, este ano, o Prosa reuniu, nas quatro cidades, cerca de 1.600 pessoas. “Nós, que passamos dois anos fazendo o evento de forma virtual, queríamos muito ter esse olho no olho com nosso associado, essa aproximação novamente, poder apertar a mão e trazer conteúdos ricos, que vão, realmente, melhorar a qualidade de vida de nossos associados na ponta, já que informações são importantes para a melhor tomada de decisão”.

Gilson Nogueira Farias, gerente de Desenvolvimento de Crédito da Central Sicredi PR/SP/RJ acompanhou o evento em Londrina e destacou a qualidade e importância da iniciativa. “A Sicredi é movida de pessoas para pessoas e o relacionamento é importantíssimo. O Prosa com o Produtor vem estreitar as relações de negócios com nossos produtores rurais. É o momento de estarmos alinhando nossas estratégias, nossas expectativas e também encontrando nosso produtor”, avaliou.

A abertura do Prosa em Londrina foi feita pelo presidente da Sicredi Dexis, Wellington Ferreira, que destacou a importância do agronegócio para a economia brasileira e também para a origem da cooperativa, que nasceu para atender os produtores rurais – embora há muitos anos seja de livre admissão.

Ferreira também falou sobre a mudança do nome da cooperativa, que passou de Sicredi União PR/SP para Sicredi Dexis. O nome vem da palavra grega dexiose, que significa o aperto de mão, gesto de grande simbologia, podendo ser uma doação, união, fechamento de um bom negócio, uma entrega. Além disso, esse nome representa o passado, o moderno e o futuro”, comentou.

Benê Bianchi/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.