Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura e o curso de Relações Públicas da Universidade Estadual de Londrina

A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL), por meio do curso de Relações Públicas da instituição, está realizando uma pesquisa voltada a aprimorar as Feiras de Produtores Rurais da cidade.

Conduzido no âmbito da disciplina de Opinião Pública, o estudo está a cargo de quatro alunas do sexto semestre do curso: Barbara Camossi, Jéssica Prado, Juuara Barbosa e Lissa Ito. As estudantes são orientadas pelo professor Daniel de Oliveira Figueiredo e também recebem supervisão da diretora de Abastecimento da SMAA, Amanda Cristina Andrello Costa.

O levantamento tem como objetivo identificar possíveis pontos de melhoria nas Feiras de Produtores Rurais promovidas em Londrina, e resolver as dificuldades e desafios que têm limitado o alcance dos eventos nos últimos anos. Voltada tanto a produtores quanto a consumidores, a pesquisa pode ser respondida através do formulário on-line até o dia 24 de abril.

A aluna do curso de Relações Públicas, Jéssica Prado, que também é estagiária na Secretaria de Agricultura, disse que sentiu a necessidade de realizar uma pesquisa para saber o que poderia ser melhorado nas feiras. “Como a disciplina de Opinião Pública estabelece que temos que fazer uma pesquisa, pedi a autorização da minha supervisora, Amanda, para podermos realizar essa atividade em conjunto com a Secretaria. Isso porque as Feiras de Produtores estão com muita evasão, então temos que ter dados concretos para que a Secretaria possa auxiliar no que for preciso”, disse.

As Feiras dos Produtores são espaços de comercialização da produção, principalmente de hortifrutis, e, atualmente, são realizadas todos os domingos das 7h às 13h, na Avenida Saul Elkind e na Rua Benjamin Constant. Também acontecem todos os sábados, das 8h às 12h, no Zerão, onde ocorre a Feira de Produtos Orgânicos e ainda, de forma sazonal, as Feiras de Produtos de Época.

Histórico

As feiras surgiram na década de 1990, em resposta à necessidade dos produtores rurais da região de Londrina. Após encontros com os produtores, a feira da Rua Benjamin Constant foi designada para ser coordenada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, criada em 1992. Em 1994, os produtores da Avenida Saul Elkind se uniram à Feira do Produtor, diferenciando-se da Feira Livre e ampliando as iniciativas sob coordenação da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

A diretora de abastecimento da SMAA, Amanda Cristina Andrello Costa, explicou que as feiras são de suma importância para o fortalecimento das atividades da Agricultura Familiar regional. Conforme Costa, elas são consideradas agentes agregadores, à medida que ligam o produtor, que vive e produz na zona rural, ao consumidor urbano, promovendo o escoamento da produção de forma direta, ofertando produtos frescos e mantendo as famílias de agricultores no campo. “As Feiras do Produtor são ainda espaços de lazer e convivência, onde constroem-se memórias, culturas e tradições. O consumo e comercialização de produtos ao ar livre favorece a interação social, além de reforçar os laços entre feirantes e consumidores. É uma troca contínua e salutar para todos os envolvidos”, disse. 

Rebeca Vernillo/NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.