Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria Municipal de Saúde Pública de Cambé divulgou o 1º Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) de 2024, que inclui dados colhidos entre 8 e 13 de janeiro. Os dados destacaram que o índice de focos de mosquito por residência hoje em Cambé é de 1,4%, e 18 bairros estão em risco para surto de dengue. Para combater isso, a Secretaria de Saúde passou a adotar novas estratégias, e uma delas é a aplicação de inseticida diretamente no quintal das residências.

Segundo o LIRAa, 18 bairros apresentaram índice predial acima de 2%, o que significa que estão em risco para possível surto de dengue. São eles: Guarani (7,14%), Vila Brasil (6,34%), Ulisses Guimarães (5,26%), Centro I (4,76%), Centro II (4,22%), Euthimio Casarotto (3,70%), Ecoville (3,70%), Nova Cambé (3,57%), Parque Industrial (3,57%), Santa Izabel (3,57%), São Paulo (3,15%), Morada do Sol (3,03%), Jardim União (3,03%), Ana Rosa (2,94%), Doutor José Santos Rocha (2,12%), Villagio do Engenho (2%), Chácara Santa Maria (2%) e Ana Eliza II (2%).

Os índices representam a porcentagem de imóveis com criadouros ativos do mosquito da dengue a cada 100 residências. O levantamento também identificou que a grande maioria dos focos estão nos quintais, majoritariamente em tanques, tambores e vasos de plantas.

Por conta dos dados epidemiológicos de dengue em Cambé, a chefe da divisão de Vigilância Sanitária e Ambiental, Ana Carolina Stutz, destacou que o município está traçando novas estratégias para o combate ao mosquito, e uma delas também depende muito da colaboração do cidadão cambeense.

 “Nesse momento, estamos com operadores de inseticida para fazer um trabalho intradomiciliar, ou seja, servidores que irão aplicar veneno contra os mosquitos dentro dos quintais. E isso é importante porque neste último levantamento, nós observamos que a grande maioria dos focos foram encontrados dentro dos domicílios. Além do que, nas casas que estão fechadas por conta dos moradores não estarem no momento, nós iremos conseguir direcionar o veneno também de maneira mais efetiva”, disse.

Com isso, é importante que a população esteja ciente de que os operadores de inseticida estarão nas ruas, com roupas para a segurança deles, e vai solicitar a entrada nas casas para que o combate ao mosquito seja feito de forma mais efetiva e, consecutivamente, melhorar a saúde da população.

Ana Carolina Stutz explicou que o inseticida utilizado é o Cielo ULV, de baixa toxicidade para seres humanos e animais domésticos, ou seja, sem riscos. “A recomendação é que todas as portas e janelas da residência estejam abertas para que seja efetivo em todos os locais. Também é importante lembrar que para que o munícipe identifique os operadores de inseticidas, agentes de combate às endemias irão passar antes verificando o quintal e informando que os outros servidores irão passar em breve. Eles estarão com roupas de segurança, e um veículo oficial da Prefeitura estará na rua.”

Maria Aparecida Chinaglia, aposentada e moradora do Jardim Vila Rica, disse que mesmo cuidando do quintal todos os dias, pegou dengue no fim do ano passado, e fez um apelo para que todos unam forças e permitam a entrada dos agentes em suas casas. "Há mais de 30 anos que se houve falar de dengue, e isso ainda é um problema não resolvido. É muito importante que cada um faça a sua parte, cuide do seu quintal. s vezes, a gente até erra por não saber, mas eu procuro fazer a minha parte, me informar, abrir as portas para os agentes, assim como todos devem fazer. Aqui em casa eu posso cuidar, mas se todos não fizerem a sua parte, não vai valer nada", expressou.

A Secretaria de Saúde está direcionando os operadores de inseticidas em regiões com situações mais críticas. Nessa semana, estão sendo atendidas as residências do Cambé III, e a partir disso os servidores irão para o Euthimio Casarotto.

NCPMC

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.