Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Apresentações começaram ontem (22), sempre às 20h, e a entrada é grátis

O Espaço AML Cultural, um lugar dedicado às artes, cultura e educação, localizado no centro de Londrina, vai ser o palco de três shows da 8ª edição da Série Palcos Musicais. As apresentações começaram ontem (22) com o Kalon Guitar Duo, formado pelos violonistas Natanael Fonseca e Marcio Gouvea. Hoje (23), tem o show “Precisamos falar sobre gente ruim” com Fabricio Martins (piano) e Casimiro (voz); e na quarta-feira (24) é a vez do Duo Clavis, com Marcello Casagrande (vibrafone) e Mateus Gonsales (piano) se apresentar. Todos os shows são gratuitos e começam às 20h.

Kalon Guitar Duo

Os violonistas Natanael Fonseca e Marcio Gouvea, que integram o Kalon Guitar Duo, dedicam-se à pesquisa de música de câmara com o objetivo de apresentar um repertório dedicado a esta formação, com composições originais e transcrições de reconhecido valor histórico.

Natanael Fonseca é mestre em violão erudito pela Universidade de Aveiro – Portugal e violista da OSUEL e da Orquestra de Câmara Solistas de Londrina. Já se apresentou em recitais em Portugal e Espanha e como solista nos concertos para violão e orquestra de Mário Castelnuovo Tedesco, Heitor Villa-Lobos e Anton Garcia Abril, com a OSUEL e dos concertos de A. Vivaldi e J. L. Krebs com a OCSL.

Natural de Arapongas (PR), Marcio Gouvea é o vencedor do Concurso Souza Lima de 1993. Começou seus estudos de violão no Colégio Mãe de Deus, com o violonista Nelson Bolzoni. Em Curitiba, desenvolveu intenso trabalho musical sob a orientação do violonista Luiz Bueno, realizando uma série de concertos pelo estado do Paraná. Participou dos Festivais de Londrina, Cascavel e Campos do Jordão.

Precisamos falar sobre gente ruim

Hoje (23), o cantor e compositor londrinense Casimiro apresenta o seu mais novo trabalho autoral, o show “Precisamos Falar Sobre Gente Ruim”. Casimiro estará acompanhado de outro londrinense, o talentoso pianista Fabrício Martins.

O repertório traz canções que abordam as relações sociais predatórias no ambiente de trabalho, familiar e amoroso, e promete levar o público a uma imersão emocionante e reflexiva. O trabalho é baseado em depoimentos colhidos nas mídias sociais a respeito da pergunta: “Você já foi vítima de um psicopata?”. As histórias serviram de inspiração para as composições.

O show tem seis canções comentadas que abordam a temática de forma linear: o encantamento, a realidade, a descoberta, o desencanto, a culpa e a superação. As letras e melodias foram criadas pelo próprio Casimiro e a produção musical ficou a cargo de Fabrício Martins.

Casimiro

Com estilo autêntico e voz marcante, Casimiro vem conquistando espaço na cena musical brasileira desde o lançamento de seu primeiro álbum, “Rótulos”, em 2021. O álbum foi muito bem recebido pela crítica e fãs, graças à autenticidade e ao talento do artista. Com suas composições conquistou diversos prêmios pelo Brasil: foi finalista em festivais nacionais como o Fampop, de Avaré (SP), e o Festival Nacional da Transamazônica, região do Xingu, além de vencer o Festival da PUCPR e ser considerado Melhor Intérprete no Festival de Ibotirama, na Bahia. Casimiro também obteve o primeiro lugar em festivais em Itu (SP), São Paulo (SP) e em Paraguaçu (MG).

Fabrício Martins

Natural de Londrina (PR), Fabrício Martins iniciou sua jornada musical aos 8 anos estudando teclado e Piano Erudito. Nos anos seguintes, aprimorou-se em jazz, piano popular, gravação em estúdio, sintetizadores e recursos tecnológicos, começando a tocar profissionalmente em eventos e pequenos grupos de música instrumental. Participou de vários Festivais de Música em Londrina e de gravações de CDs, DVDs, espetáculos teatrais e musicais, produções para publicidade, e atuou como pianista correpetidor de corais.

Em 2010, graduou-se em Licenciatura em Música pela UEL, onde também cursou Especialização em Arranjo Musical. Atualmente, atua como pianista, diretor e produtor musical, leciona aulas de piano e desenvolve seu projeto de música instrumental.

Duo Clavis

Os novos álbuns do Duo Clavis, Time Lapse (2021) e Magia Instrumental (2022), apresentam os instrumentistas Marcello Casagrande (vibrafone) e Mateus Gonsales (piano) ainda mais afinados com as próprias propostas musicais. Além do rico diálogo entre os timbres do vibrafone e do piano, o show também proporciona voos solos e um passeio pelas obras autorais, mostrando como o Duo vem se aprimorando dentro da própria linguagem musical.

O repertório traz composições autorais e arranjos próprios de músicas de Hermeto Pascoal, Brad Mehldau, Luiz Bueno, César Camargo Mariano, Paulo Braga, Letieres Leite, Chick Corea. A liberdade do Duo transparece na capacidade do improviso. Como os harmônicos que ecoam após a emissão do som, o Duo Clavis transcende a melodia para encontrar sua própria essência. Um show que transparece a leveza e o equilíbrio da música em sua natureza criativa e transcendente.

Marcello Casagrande

O londrinense Marcello Casagrande é mestre em percussão performance pela University of Missouri, Columbia (USA), e graduado em música pela UEL. Percussionista da OSUEL, vem se dedicando ao vibrafone na música instrumental brasileira e em diversos processos criativos, projetos, shows, CDs e distintas formações instrumentais. É professor de percussão na área acadêmica, em projetos sociais e festivais, sempre incentivando e mostrando as possibilidades artísticas e expressivas da percussão e do vibrafone no cenário da música atual.

Mateus Gonsales

Natural de Londrina (PR), Mateus Gonsales é formado em Jazz e MPB no Conservatório Musical e Dramático de Tatuí (SP) e graduado em produção fonográfica pela UNOESTE (Presidente Prudente (SP). Pós-graduado em Arranjo Musical pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Desenvolve amplas atividades como pianista em vários grupos musicais, em shows, gravações e projetos culturais. Tem atuado como produtor, arranjador em diversas produções musicais e CDs. Na área pedagógica é professor de piano, harmonia e improvisação.

Patrocínio

A Série Palcos Musicais é organizada pela Artis Colegium Associação Cultural e tem coordenação geral e artística da pianista Irina Ratcheva. Patrocínio: Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), da Secretaria Municipal de Cultura, e Unimed Londrina.

Apoio: Grupo Folha de Londrina, CODEL, CBN Londrina, Rádio UEL FM, O Londrinense, Espaço Villa Rica, Plugue Estúdio, Centro AML Cultural, Bibliotecas Públicas Municipais de Londrina, Museu Histórico de Londrina, Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina e Crillon Palace Hotel.

Asimp/Palcos Musicais

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.