Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em sua 43ª edição, entre 09 e 16 de julho, evento dá destaque à inclusão social através da música e conta com o apoio do programa, uma parceria da Funarte com a UFRJ. Ações do ATG serão tema de palestras.

Entre os dias 09 e 16 de julho, acontece a 43ª edição do Festival Internacional de Música de Londrina – FIML, um dos mais importantes do gênero na América Latina. Neste ano, o festival tem como tema principal “a inclusão social mediante a concepção sócio musical da formação integral do músico”. Em sua programação, além das aulas, palestras, oficinas, e apresentações artísticas, ocorrerão o Encontro Nacional de Orquestras Sociais e o Encontro dos Gestores de Projetos Sociais. O Programa Arte de Toda Gente, parceria realizada entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, apoia o FIML com duas oficinas.

As atividades do Arte de Toda Gente no festival estão marcadas para dois horários, no dia 14/07, e serão conduzidas pelo maestro e professor Marcelo Jardim, coordenador do ATG. Nelas, serão abordadas as ações e atividades em andamento, bem como os resultados disponibilizados nas plataformas online do programa e de todos os projetos que dele fazem parte. A iniciativa se deu por convite do Festival, pela convergência de propostas no apoio pedagógico aos projetos sociais com música, através de capacitação de regentes, instrumentistas, compositores, educadores musicais, gestores culturais, artistas, bem como pela contribuição ao desenvolvimento das orquestras-escola de todo o país.

A oficina

Oficina Conhecendo o Programa Arte de Toda Gente

Parceria entre a Funarte e a UFRJ, com curadoria da Escola de Música da UFRJ: Projetos Sistema Nacional de Orquestras Sociais - SINOS, Projeto Bossa Criativa, Projeto Um Novo Olhar, Projeto Arte em Circuito, Projeto XXIV Bienal de Música Brasileira Contemporânea, Projeto Bandas: Sistema Pedagógico de Apoio às Bandas de Música e Projeto Ópera: Plano de Desenvolvimento para a Ópera no Brasil.

Professor Marcelo Jardim, coordenador Programa Arte de Toda Gente

Dia 14/7 (sexta-feira): 10h às 12h e 15h às 17h.

Local: AML

As inscrições para esta atividade como para todas as demais oferecidas pelo FIML devem ser feitas no site oficial do evento – https://fiml.art.br/.

O Festival

O FIML surgiu em 1979, como Festival de Música Barroca, sendo rebatizado para Festival de Música de Londrina no ano seguinte. E é a partir dessa 2ª edição que o evento passa a ter repercussão nacional, por reunir grandes nomes da música e, também, por sua diversidade, tanto nos cursos quanto na grade artística de extrema qualidade, privilegiando sempre “todas as músicas”, com ênfase na música brasileira. Com renomados professores, seu projeto pedagógico propõe alternativas e reflexões sobre o fazer musical e para a Educação Musical, configurando-se num terreno de congraçamento estético e de diversidade cultural. Já sua programação artística envolve dezenas de eventos em ruas, praças, igrejas, teatros, clubes, bares, além da extensão para as cidades circunvizinhas. O festival conta com performances de alto nível dos músicos convidados e, também com a participação democrática de alunos em recitais, montagens de espetáculos, grupos e em orquestras formadas durante o evento.

O FIML é promovido pelo Governo do Paraná, Prefeitura do Município de Londrina, Universidade Estadual de Londrina e Associação de Amigos do Festival Internacional de Música de Londrina e, em sua 43ª edição, conta com o apoio do programa Arte de Toda Gente.

O programa Arte de Toda Gente (parceria Funarte-UFRJ)

A parceria Arte de Toda Gente, entre a Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro, desenvolvida através de sua Escola de Música, teve início em 2020 com o objetivo de desenvolver os projetos Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos (www.sinos.art.br), Bossa Criativa (www.bossacriativa.art.br) e Um Novo Olhar (https://umnovolhar.art.br). A esse conjunto de projetos somaram-se posteriormente o Arte em Circuito e a XXIV Bienal de Música Brasileira Contemporânea; o Projeto Bandas: Sistema Pedagógico de Apoio às Bandas de Música e o Projeto Ópera, além da Academia Arte de Toda Gente. Todos com a curadoria da Escola de Música da UFRJ. Atualmente, a iniciativa viabiliza centenas de outras parcerias pelo Brasil, com as mais importantes instituições de arte, cultura e educação.

Ascom/ Funarte

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.