Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nesta sexta-feira, 10, acontece o lançamento do livro Imagens para rasgar adultos, de Thaís D’Abronzo pela Editora Ofícios Terrestres. O evento será a partir das 17 horas na Livraria Olga, Rua Pio Xii, 313, em Londrina.

Imagens para rasgar adultos, de Thaís D’Abronzo, publicado pela editora Ofícios Terrestres, apresenta parte da trajetória do TheaterMeschugge (Teatro Louco) de Ilka Schönbein,marionetista e dançarina alemã, em especial seu jogo com a marionete e a singularidade com que suas imagens, ou sua dança, desafiam o corpo. Ilka Schönbein dança suas imagens por entre metamorfoses e avessos do corpo. A vida dessas imagens se faz de certas histórias e condições das figuras humanas: as que morrem, as que lutam contra morte, que sofrem, sentem medo, amam, perdem, se dilaceram, sobrevivem... a vasta, intensa e curiosa vida patética que podem as figuras humanas. Ilka Schönbein sabe olhar para as situações onde a vida se emociona.

Ao fazer das imagens uma aventura de seu corpo, Ilka Schönbein se aproxima do jogo e movimentos transgressivos da erótica de Bataille e de Didi-Huberman, e nesse encontro, a imagem se apresenta como aparições do corpo: processos vitais e funestos que abalam as representações acostumadas das figuras humanas. Erotismo e marionete extrapolam o corpo.As imagens vivas e inquietantes de Ilka Schönbein conduzem a atenção para outras realidades do corpo, e é um tanto disso o que olha e compõe o livro, Imagens para rasgar adultos – a morte e o jogo erótico de Ilka Schönbein.

O livro traz fotografias de MarinetteDelanné, fotógrafa que acompanha Ilka Schönbein desde 1994. Suas fotos constituem um belíssimo ensaio da trajetória da artista.

Thais D`Abronzo:

Professora do curso de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Londrina. Imagens para rasgar adultos - a morte e o jogo erótico de IlkaSchönbein, é sua tese de doutorado realizada pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena do Instituto de Artes da UNICAMP, com bolsa sanduiche pelo PDSE – Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior -, realizada no LaboratoireTechniquesetEnjeuxduCorps, Université Paris Descartes - Paris V e residência de pesquisa no InstitutInternational de la Marionnette de Charleville-Mézières.

Karen Debértolis/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.