Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As atividades incluem diversas oficinas e contações de histórias, todas com inscrições gratuitas

Com o objetivo de promover a formação de jovens leitores em Londrina, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por meio da Diretoria de Bibliotecas, vai realizar uma programação de férias especial para a comunidade.

Voltada a crianças, bem como seus pais e responsáveis, a iniciativa começará na próxima terça-feira (16) e se estende até o dia 26 de janeiro (confira a agenda abaixo). Todas as atividades são gratuitas e serão realizadas na própria Biblioteca, localizada na Praça 1º de Maio, Centro, ao lado da Concha Acústica. Para participar, é preciso fazer as inscrições previamente, por meio do telefone (43) 3371-6603.

Entre outras atrações, a programação contará com oficinas práticas, contação de histórias e atividades de desenho.

Segundo a diretora de Bibliotecas da SMC, Leda Araújo, a iniciativa é realizada todos os anos, a fim de despertar o interesse das crianças pela leitura e, consequentemente, pela literatura. “São atividades diversificadas para atender ao trabalho educacional e proporcionar um momento de recreação, reflexão de valores e brincadeiras para as crianças”, sublinhou.

Os momentos de aprendizado e diversão terão sua estreia na terça-feira (16), às 10h, com a oficina de Versos Fantásticos, mediada pelo jornalista, poeta e pesquisador, Valdir Grandini. Durante a atividade, os presentes serão convidados a participar de uma roda de criação coletiva, a fim de ver nascer uma grande poesia.

Tendo o propósito de desenvolver a criação poética junto às crianças, a oficina foi pensada e colocada em prática pela primeira vez em 2012. Desde então, vem realizando trabalhos com pais ou responsáveis, educadores e com as próprias crianças. Segundo Grandini, é muito importante que essas ações também envolvam quem está próximo às crianças, porque isso ajuda a compreender o papel da poesia na imaginação.

De acordo com o ministrante, a oficina aborda a linguagem literária nonsense que surgiu a partir dos autores Edward Lear e Lewis Carroll. Essa linguagem é baseada na imaginação, na fantasia e no desafio de fugir ao sentido comum, fazendo brincadeiras com foco no fantástico e na forma das palavras, entre outras técnicas.

“Eu uso muito a estrutura dos limericks, que envolvem a criação de um verso fantástico com situações fantásticas, e convido as crianças a fazerem isso através de uma série de jogos e brincadeiras”, finalizou.

Programação 

– 16/01, às 10h: oficina de Versos Fantásticos com Valdir Grandini

–  17/01, às 9h30: contação de história sobre os livros “3 pernas” e “Pintinho Fofinho” e oficina de jogo de tabuleiro com mediação de Tiago da Fonseca

–  18/01, às 10h: oficina “O Livro é o Melhor Remédio”, sobre a obra “A caixa de Pandora”, com Leda Araújo e Lusenir de Oliveira

–  22, 24, e 26/01, das 14h às 16h: oficina de criação e produção de histórias em quadrinhos com o professor Eloyr Pacheco

–  23/01, às 9h30: contação de história sobre o livro “A Semente da Verdade” e confecção de um planner. Evento conduzido por Val Irene. 

Luiza Arlindo/NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.