Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

João de Souza e Bonifácio, Junio e Julio, Mathias Ricasso e a dupla Jânio e Janil também mostram seu talento

E chega mais um domingo sertanejo na tela da TV Aparecida, comandado por Kleber Oliveira,Tonho Prado e Menino da Porteira. O “Terra da Padroeira” vai ao ar às 9h neste dia 17 de março, com convidados de longa trajetória musical. O programa ainda traz uma dupla iniciante na carreira no quadro “Novos Talentos”.

Quem abre a seleção de apresentações é Eduardo Araújo. Conhecido como "O Bom", o cantor e compositor é mineiro e começou a cantar em 1960 no programa de Aldair Pinto. Além do sucesso como cantor, Eduardo Araújo fez vários filmes e participou dos principais programas de rádio e televisão. Ele integrou a Jovem Guarda e possui grandes sucessos que marcaram sua carreira, como "O Bom" e "Vem Quente Que Estou Fervendo".

João de Souza e Bonifácio também estarão no programa.  A dupla foi formada pelos irmãos quando tinham cinco e nove anos. Nascidos em Foz do Iguaçu, são de família de agricultores que sempre tiveram paixão pelas modas sertanejas. Formar dupla era um sonho do pai e hoje se tornou um sonho de todos. A dupla já tem cinco trabalhos lançados, sendo o último "Sertão nas Cidades (Ao Vivo)".

E ainda Mathias Ricasso, que fez dupla com seu tio, Matogrosso, no duo Matogrosso e Mathias. Juntos, eles fizeram mais de 800 shows pelo Brasil e exterior, entre eles, seis edições da Festa de Barretos, a maior do país. Hoje, Mathias segue carreira solo com uma extensa agenda de apresentações.

Outra dupla que subirá ao palco do “Terra da Padroeira” é Junio e Julio. Os irmãos catarinenses iniciaram a carreira artística em 1978 e gravaram ao longo de sua trajetória 18 discos. São conhecidos em quase todo o Brasil com a música "Filho Pródigo", o primeiro e maior sucesso da dupla.

E no quadro “Novos Talentos” estarão Jânio e Janil. De São Thomé das Letras (MG), a dupla sempre foi apaixonada por música, com forte influência da vivência no interior. Ainda na infância, os dois nutriram o sonho de constituírem carreira musical com o estilo sertanejo. Em 2018 se consolidaram como dupla, e em 2020 lançaram seu primeiro projeto autoral.

Vera Jardim/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.