Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A mostra está montada no primeiro piso da Biblioteca Pública Municipal, desde dezembro de 2022; são 121 imagens de fotógrafos de diversos lugares do Brasil

Em Londrina, o XXV Salão Nacional de Arte Fotográfica, exposição que está aberta gratuitamente ao público na Biblioteca Pública Municipal, teve seu período de visitação prorrogado até o dia 31 de março. Dessa forma, o público que ainda não visitou o espaço montado na Sala José Teodoro, no primeiro piso da Biblioteca, ainda terá a oportunidade de conhecer uma vasta coleção de imagens da produção contemporânea brasileira. A iniciativa, organizada pelo Foto Clube de Londrina (FCL), que começou no dia 12 de dezembro de 2022, reúne 121 trabalhos de fotógrafos de várias partes do Brasil.

Os interessados em conhecer esta montagem podem ir até a Biblioteca, que fica na Avenida Rio de Janeiro, 413, esquina com Alameda Manoel Ribas. Para visitação da exposição, o espaço fica aberto de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h.

A exposição abrange imagens retratando diversas temáticas, sem estar presa a um foco ou segmento específico, produzidas por fotógrafos profissionais e amadores, filiados ou não a fotoclubes. Valorizando a diversidade, a coleção conta com imagens coloridas e em preto e branco, passando por paisagens, arquitetura, retratos, temas urbanos e outras.

As 121 fotos à mostra foram selecionadas entre mais de 600 obras inscritas. “Concomitantemente à mostra do XXV Salão Nacional, estão expostas 18 imagens de associados do Foto Clube de Londrina. A Biblioteca Pública ainda passa por um trabalho final de arrumação após reforma realizada no piso interno do local, mas o público pode comparecer à exposição, que continua no mesmo lugar, agora prorrogada até 31 de março”, comentou o vice-presidente do Foto Clube de Londrina, Manoel Liziero.

Uma imagem de Liziero, chamada “Cicatrizes da Guerra”, está exposta nesta seleção. A foto, captada em 2016, foi feita no bairro Gótico em Barcelona, na Espanha, na igreja de Sant Felip Neri, atingida em 1938 durante a guerra civil espanhola.

Segundo o coordenador de Atendimento, Programação e Extensão da Biblioteca Pública, Guilherme Yung Wing Li, a prorrogação da mostra neste espaço ocorreu porque a Biblioteca vai reabrir oficialmente a todo o público em breve, com previsão para o mês de março. “Ainda não há uma data exata para a reabertura, mas a extensão do período de visitação do XXV Salão Nacional de Arte Fotográfica é para que o público possa prestigiar a exposição também com a Biblioteca já totalmente aberta. No momento, a abertura está acontecendo apenas em eventos pontuais, já que estão na reta final os trabalhos de reorganização e sinalização do acervo da Biblioteca”, explicou.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.