Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Programação pedagógica do 42º FIML oferecerá 21 cursos de práticas, instrumentos, vivências, teoria, oficinas e voz

Encerra na quarta-feira (6) o prazo para inscrição nos cursos e oficinas do 42º Festival Internacional de Música de Londrina (FIML). As atividades formativas terão início no próximo sábado (9) e a agenda se estenderá até o dia 18 de julho, de forma presencial, no Colégio Hugo Simas, Colégio Aplicação e no Cultural Hall. As inscrições devem ser feitas apenas pelo site do festival, www.fiml.art.br .

Esta será a primeira edição presencial do Festival após a pandemia. A programação inclui 21 cursos de práticas de instrumentos e voz, teoria musical e vivências musicais, com 14 renomados professores e artistas do Brasil e do mundo. “A expectativa é que temos para o Festival é sempre boa, pois contamos com um público cativo que, assim como o próprio Festival, também se renova a cada ano”, explicou a diretora pedagógica do FIML, Magali Kleber. 

Os grandes destaques deste ano são as aulas de “Instrumentos de Sopro com Alexandre Ribeiro”, “Piano Criativo com Daniel Grajew” e a “Oficina de Choro com o Rogério Caetano”, indicado ao Grammy Latino de 2021. “Não tem nada que substitua poder voltar com os nossos cursos presencialmente, pois é disso que se trata o nosso Festival, fazer com que alunos, professores e artistas tenham essa troca que é tão importante. Por esse motivo, investimos bastante em trazer cursos coletivos este ano”, comentou Kleber. 

Outro destaque serão as atividades: “Vivência Musical” do cantoautor paraibano Naldinho Freire, no dia 13 de julho, das 17h às 19h; e “Ritmos, cantos e danças tradicionais cuiabanas” com John Stuart e Estela Ceragatti, no dia 15 de julho das 17h30 às 19h. As vivências serão gratuitas, mas é necessário fazer inscrição previamente pelo site do festival, www.fiml.art.br .

Para o secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini, o Festival Internacional de Música de Londrina é um dos grandes eventos culturais do calendário brasileiro, sendo o caráter pedagógico um dos seus grandes diferenciais. “Os cursos são muito disputados por pessoas que vêm do Brasil inteiro prestigiar e, para nós, é uma felicidade e uma alegria muito grande que esses encontros voltem a ser presenciais. É um trabalho magnífico o que o FIML faz pela nossa cidade e pela cultura brasileira”, ressaltou. 

Professores da rede pública de Educação Básica, professores oficineiros e alunos de projetos sociais vinculados ao Promic, e alunos do curso de Música da Universidade Estadual de Londrina (UEL) têm isenção da taxa de inscrição nos cursos e oficinas. Servidores públicos municipais de Londrina, professores do Departamento de Música e Teatro da UEL, pessoas com idade de 60 anos ou mais também têm desconto de 50% na taxa de inscrição. 

O Festival Internacional de Música de Londrina tem direção pedagógica de Magali Kleber e direção artística do pianista Marco Antonio de Almeida. É uma realização do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Cultura; conta com patrocínio da Secretaria Municipal da Cultura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), e tem o apoio da Casa de Cultura da UEL e da Associação de Amigos do FIML. 

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.