Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Atividades realizadas na cidade incluem roda de conversa, palestra, show e feira de empreendedorismo; todas as ações são abertas à população e têm entrada gratuita

Até o próximo domingo (25), Londrina participa da 16ª Primavera dos Museus, cujo tema é “Independências e museus: outros 200, outras histórias”. A atual edição da atividade, que é realizada em todo o território nacional, teve início na segunda-feira (19). Neste ano, o evento comemora o bicentenário da Independência do Brasil, completado no último dia 7 de setembro.

A Primavera dos Museus é um programa desenvolvido anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), no qual as instituições locais possuem autonomia para desenvolver sua programação, a partir de um tema nacional.

Em Londrina, a próxima atividade está prevista para quinta-feira (22), a partir das 19h, no Museu Histórico de Londrina – Padre Carlos Weiss, onde será realizada uma roda de conversa sobre a presença das culturas indígenas nos museus e o território como espaço de memória. A ação contará com a participação dos gestores do Museu Histórico de Londrina e do Museu das Culturas Indígenas de São Paulo.

Já na sexta-feira (23), às 19h30, será promovida a palestra “Diários Litográficos: Memória da Pedra”, com Raphael Menten e Carolina Sobreira, na sala 683 do Centro de Educação Comunicação e Artes (Ceca) da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Também na sexta-feira (23), a partir das 19h30, o Museu Histórico de Londrina recebe o show musical das Black Divas Singers, que apresentarão samba, jazz, reggae e outros ritmos.

Ainda no Museu Histórico, no sábado (24), das 9h às 17h, será realizada a Feira do Coletivo Black Divas que, através do estímulo ao empreendedorismo e diversidade dos negócios, busca a ampliação e empoderamento das mulheres para a geração de renda no pós-pandemia.

Segundo a diretora de Ação Cultural da Secretaria Municipal de Cultura, Maria Luísa Fontenelle, a Primavera dos Museus é um momento em que as instituições locais museológicas e de outras naturezas, bem como produtores culturais, se aproximam. “Nesses eventos, atendemos a população de forma conjunta. São momentos em que levamos a produção cultural para fora dos museus, por meio de exposições, palestras e ações diversas. Sempre participamos dos calendários nacionais, tanto que, nestas 16 edições de Primavera dos Museus, nós estivemos presentes em todas”, frisou.

A diretora do Museu Histórico de Londrina, Edméia Ribeiro, destacou que as atividades escolhidas para este ano foram focadas no tema da Independência. “Nossa programação foi pensada a partir de questões que estamos enfrentando há 200 anos. Ainda hoje, temos muitas pessoas sofrendo com a fome e pobreza; a população negra ainda não teve a oportunidade de ter o seu espaço digno na sociedade; os indígenas estão sendo cada vez mais massacrados; e as mulheres continuam a sofrer em meio à sociedade sexista. Então, nossa programação foi em busca de trazer essas pessoas, por meio de palestras, rodas de conversas, show, feira e demais propostas”, salientou.

Realização

As atividades da programação visam a divulgação e valorização dos museus brasileiros, incentivando a visitação e reforçando a relação entre os museus e a sociedade através da arte e cultura.

Em Londrina, a programação está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Cultura, através do Museu de Arte de Londrina; Museu Histórico de Londrina Padre Carlos Weiss; Núcleo de Documentação e Pesquisa Histórica – Universidade Estadual de Londrina e Sesc Londrina Cadeião Cultural.  Estão sendo promovidas exposições, palestras, exibição de filme, roda de conversa, show musical, feira e ação educativa. Todas as atividades são gratuitas.

Os interessados que se inscreverem antecipadamente terão direito a certificados de participação e, para aqueles que não se inscreverem, a participação é bem-vinda, porém, sem direito à certificação. A Primavera dos Museus é uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

Marcelo Cordero/NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.