Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Alunos da rede pública vão assistir gratuitamente espetáculo da Companhia Triolé; apresentações fazem parte do Projeto Crianças no Teatro

Os estudantes da rede pública de ensino de Londrina (PR) vão poder fazer uma pausa nos estudos para se divertir com os palhaços da Companhia Triolé, que vão apresentar o espetáculo “Qual a Graça de Laurinda?”, no Cine Teatro Ouro Verde. As apresentações serão nos períodos de 18 a 22 e de 25 a 28 de março e de 01 a 05 de abril, em dois horários: 9h30 e 14h30.

A Companhia Triolé está em turnê pelo norte do estado. O espetáculo já foi visto por estudantes de Campo Mourão (PR) e Marialva (PR) com grande sucesso de público, e faz parte do projeto “Crianças no Teatro”, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura. Depois de Londrina, a turnê segue para Jandaia do Sul e Andirá.

O espetáculo

O espetáculo “Qual a Graça de Laurinda?” foi criado em 2010 a partir de pesquisas do grupo sobre animações e desenhos animados populares nas décadas de 1970/1980. Para a construção, o grupo se debruçou sobre as partituras físicas para contar uma história sem a utilização de falas, mas primando a sintonia entre as cenas e a trilha sonora, cuidadosamente criada pelo músico Tonho Costa.

Patrocínio

A 2ª edição do Projeto Crianças no Teatro é promovida pelo Governo do Estado do Paraná e realizada pela Secretaria de Estado da Cultura (SEEC) e PalcoParaná. Patrocínio: Audi. Parceria: Casa de Cultura | Universidade Estadual de Londrina. Realização: Triolé.

Companhia Triolé

Fundada há 14 anos em Londrina (PR), a Companhia Triolé tem a característica de atuar em espaços descentralizados e com pouca atividade artística, com foco na palhaçaria. Em 2023, a companhia circulou por 10 cidades com menos de 5 mil habitantes, com grande estrutura envolvida, com o patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura.

Em 2022, o espetáculo "Qual a Graça de Laurinda?", circulou com o SESI Cultura Paraná por 16 cidades do estado. Entre 2019 e 2021, o Triolé percorreu todo Norte Pioneiro, em 46 cidades com menos de 50 mil habitantes, novamente, levando toda a estrutura de palco, luz, som e cenário.

O Triolé também realizou circulações com Prêmio Arte Paraná (2017 e 2018), Circulação por Distritos Rurais de Londrina (2016) e Circulação Prêmio Carequinha de Estímulo ao Circo (2010). Desde 2012 é gestor da Vila Cultural Triolé e simultaneamente responsável pela organização do Festival Internacional de Londrina – FILO.

Emilia Miyazaki/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.