Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Espetáculo “Encontro de Gigantes”, do Núcleo Ás de Paus, está sendo encenado no Cine Teatro Ouro Verde, com entrada gratuita

Até sexta-feira (31), o Cine Teatro Ouro Verde (Rua Maranhão, 85) sedia uma série de apresentações gratuitas do projeto Criança no Teatro, iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Seec) e PalcoParaná. A programação tem o objetivo de levar o acesso à cultura e à experiência do teatro para crianças de escolas de todas as regiões do estado. Em Londrina, o projeto tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) e da Casa de Cultura da UEL.

A peça que está sendo encenada é “Encontro de Gigantes”, da companhia londrinense Núcleo Ás de Paus, em dois horários diários, às 10h e às 14h, exceto na quarta-feira (29), quando os espetáculos serão às 9h e às 15h. A trupe propõe o compartilhamento da prática da perna de pau com personagens gigantes, em um contraponto à literatura clássica infantil. Para isso, constrói a narrativa em torno de uma menina gigante que é estranha para os outros seres humanos, até se encontrar com uma mulher gigante e assim se identificar no mundo.

Para divulgar o projeto para o maior número possível de estudantes, os organizadores articularam-se com diversas escolas e creches de Londrina, que agendaram horários para que suas turmas assistam à peça (veja a agenda abaixo). Porém, as apresentações são abertas também às crianças que não estudem nestas instituições, desde que haja disponibilidade de lugares.

A coordenadora de Desenvolvimento da Economia da Cultura da Seec, Laura Haddad, explicou que o “Crianças no Teatro” iniciou em 2022 e prossegue neste ano, contemplando diferentes municípios do Paraná. “Tem sido uma experiência encantadora promover esse acesso e incentivar a formação de plateia e o processo formativo através das ações de mediação, tocando esse público tão especial, que são as crianças”, afirmou.

Além da experiência do espetáculo, as crianças são recebidas com mediações, que são construídas de acordo com cada obra. Após a recepção dos alunos, é feita uma mediação de conhecimento entre o público e a história que será contada e, em seguida, são apresentados os itens que constroem o fazer teatral, como o cenário, os adereços, os atores e, também, a técnica.

De acordo com Carol Scabora,  coordenadora de Produção da Parnaxx, produtora responsável pela ação em Londrina, o objetivo é oferecer um programa completo, que não apenas leve as crianças ao teatro, mas propicie a elas uma experiência artística integrada. “Os professores também são importantes dentro do programa, pois são eles que fortalecerão esse elo entre as crianças e a arte. Por isso, produzimos também uma cartilha de arte-educação, elaborada por profissionais da área, com conteúdos teatrais associados à literatura clássica infantil. Assim, o programa se estende também para dentro da sala de aula com os professores”, frisou.

Ainda segundo Scabora, duas sessões da iniciativa serão destinadas para a comunidade surda, através de uma articulação com o Instituto Londrinense de Educação de Surdos (ILES). “O projeto não é só inclusivo no âmbito de formação de plateia. Na temporada do ano passado, tivemos dezenas de crianças que viveram sua primeira experiência cultural dentro do Crianças no Teatro. E, como o acesso para pessoas surdas em espetáculos teatrais é escasso, também queremos destinar parte do programa para elas. A arte só é completa quando ela atinge a todos”, concluiu.

Agenda das escolas – 28/03 (terça-feira) – Instituto Londrinense de Educação de Surdos (Iles/CEEif) – Sessões com acessibilidade: 10h – 50 alunos / 14h – 40 alunos

29/03 (quarta-feira) – Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Valéria Veronesi: 9h – 80 pessoas / 15h – 20 pessoas / e Escola Municipal Elias Kauam (40 pessoas em cada sessão)

30/03 (quinta-feira) – Escola Municipal Hikoma Udihara (45 pessoas em cada sessão) / 14h – Colégio Alfa (51 pessoas)

31/03 (sexta-feira) – Colégio O Peixinho Dourado (53 pessoas de manhã e 60 à tarde) / 14h – Escola Dom Quixote (40 pessoas)

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.