Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com as credenciais de quem já alcança 244 milhões de streams só com a primeira fase do projeto LUAN CITY 2.0, Luan Santana inaugurou ontem (14/09) a Fase 2 do álbum. A primeira faixa dessa nova etapa atende por “Mulher Segura”, que desfila em todas as plataformas de áudio, com previsão de chegar ao YouTube em formato de videoclipe nesta sexta-feira (15), às 12h. Tudo com a assinatura da Sony Music.

Com criação assinada por Felipe Kef, Kaique Kef, Bruno Felix (sim, ele, a outra metade do Marrone),  Waléria Leão, Vinni Miranda e Mateus Candotti, “Mulher Segura” tem como inspiração a canção “Ela Vai Voltar”, hit da banda Charlie Brown Jr.

As próximas canções do novo EP, nesta Fase 2 de LUAN CITY 2.0, são “Pouco Beijo, Muito Gelo”, “Tímida”, “Amiga de Ex Minha”, “Solteira Enrustida”, “Me Desbloqueia Aí” e “Ambiente Errado”, todas apresentadas pelo cantor no inesquecível show ao vivo realizado e registrado em março no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Até aqui, LUAN CITY 2.0 acumula um Disco de Diamante por “Meio Termo”, uma Platina Dupla por “Deus é Muito Bom” e uma Platina por “Ambiente Errado”.

O single “Meio Termo” soma quase 110 milhões de streams em áudio e vídeo, tendo alcançado a posição #9 no Spotify Brasil #66 no Spotify Portugal.

Já “Deus É Muito Bom” possui quase 70 bilhões de streams em áudio e vídeo, batendo na colocação #29 do Spotify Brasil #174 no Spotify Portugal.

Os números também se multiplicaram com “Ambiente Errado”, que acumulou 33 milhões de streams em áudio e vídeo, tendo ocupado a posição #27 no Spotify Brasil.

Diante desses êxitos, quem há de duvidar de uma “Mulher Segura”? Que venham as próximas cifras musicais.

Luan e as mulheres

Expert em enaltecer o universo feminino, seja na poesia e em letras que transbordam sentimentos, Luan também celebrou as mulheres em projeto especialmente dedicado a elas. Gravado sob o conceito acústico e intimista em agosto de 2016, no Polo Cinematográfico de Paulínia, em São Paulo, “1977” recebeu este título por ser o ano da criação do Dia Internacional da Mulher pela ONU. Em estúdio, Luan Santana compartilhou cenas e multiplicou vozes, somando sucesso com Marília Mendonça, Sandy, Anitta, Ivete Sangalo, Ana Carolina e Camila Queiroz.

Cantar sobre e para elas, e encantar a alma feminina são práticas que têm sido uma marca constante em sua trajetória. Ao enaltecer as mulheres, Luan sente-se ele próprio enaltecido por isso, mesmo sendo algo tão intrínseco à sua personalidade. Agora, sua nova música, “Mulher Segura”, adjetiva todas elas. A canção chega hoje em todas as plataformas de áudio, e amanhã em formato de vídeo, mas já é apresentada como sucesso por ser um lançamento tão esperado desde a gravação do DVD, em março.

Com o ídolo interpretando uma letra de tamanha potência às empoderadas, podemos apostar que a canção já é hit, com coro engrossado por quem faz papel de sujeito e também de predicado, assumindo invariavelmente o protagonismo das ações que movem o mundo: as mulheres. Aliás, “não peita, cê num guenta a briga’.

Arleyde Caldi/Asimp

#JornalUnião

Clique nas fotos para ampliar

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.