Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Diversas entidades e instituições, tanto públicas quanto privadas, estão reunidas no Núcleo Novo Centro, que vai realizar uma cerimônia para lançamento do projeto de revitalização de toda a região histórica de Londrina. Neste sábado (9), às 10 horas, no Calçadão, próximo ao Teatro Ouro Verde, os integrantes do Núcleo vão entregar ao prefeito Marcelo Belinati os estudos realizados nos últimos meses e as sugestões para recuperação da área central.

Durante as atividades realizadas desde o início do ano, o Núcleo Novo Centro destacou cinco pilares para sustentação do projeto: habitação, patrimônio histórico, cultura, gastronomia e comércio. “Nosso objetivo é transformar o centro de Londrina em um marco de desenvolvimento urbano, a partir de estratégias e ações que devolvam seu protagonismo e sua atratividade econômica, social e cultural”, destaca Gerson Guariente, diretor Institucional da ACIL e coordenador do Núcleo Novo Centro.

A cerimônia vai contar com a presença do prefeito Marcelo Belinati, de Angelo Pamplona (presidente da ACIL) e de Emanoel Gomes, presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, além de representantes de entidades e instituições. Na ocasião, o Padre Juniar Padilha, da Paróquia da Catedral, vai deixar sua bênção sobre o projeto.

Coordenador do Grupo de Trabalho para a Revitalização do Centro, que reúne órgãos públicos e entidades do setor produtivo, o secretário de Governo João Luiz Esteves destaca ações da Prefeitura para estimular a região, como a recuperação do Bosque Central, a iluminação em LED e as melhorias na R. Sergipe. Dois projetos de lei enviados pelo Executivo à Câmara trazem recursos para a recuperação da área. O projeto da Lei de Uso e Ocupação do Solo tem dispositivos para melhorar o potencial construtivo do Centro, enquanto o projeto do Código de Posturas abre possibilidades para o retrofit de prédios antigos, proporcionando reformas e adaptações que atendam às demandas atuais. “O Centro conta com uma grande infraestrutura urbana que já está consolidada. Mas algumas medidas têm que ser tomadas a curto, médio e longo prazo. Nós precisamos dar uma nova vitalidade para o Calçadão. O Centro de Londrina precisa ser readensado populacionalmente, nós queremos que as pessoas trabalhem e morem no Centro”, destaca.

Após a entrega do documento ao prefeito Marcelo Belinati, a Banda Marcial do Colégio Marcelino Champagnat vai se apresentar gratuitamente pelo Calçadão, marcando o início do processo de revitalização. A ação também faz parte do calendário da campanha LondriNatal, da ACIL.

Entre os integrantes do Núcleo estão representantes da ACIL, IPPUL, Codel, UEL, Unifil, LAVI, Estação 43, SEMA, Sinduscon, Sincoval, Casa Civil do Governo do Paraná, CEAL, Convention Bureau, SESCAP-LDR, Sebrae, Grupo Folha, iCON, Núcleo de Desenvolvimento Empresarial, Secovi, Fórum Desenvolve Londrina, CTD, Câmara de Vereadores, Secretaria Municipal de Cultura, Núcleo da Rua Sergipe, Núcleo Nossa Duque, CMTU e APL de TIC, entre outras.

Ranulfo Pedreiro/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.