Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Atividade é gratuita e ofertada pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, podendo participar pessoas acima de 18 anos

Mulheres que gostam de artesanato e buscam oportunidades para obter uma fonte de renda extra podem participar da Oficina de Fuxico, por meio da qual será demonstrada a técnica artesanal para confecção de diferentes peças em tecido. A atividade tem inscrições gratuitas e é ofertada pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), em parceria com o Sesc Cadeião, onde a aula será realizada neste domingo (20), das 9h às 12h, na rua Sergipe, 52, Centro.

As inscrições podem ser feitas até esta sexta-feira (18), mediante contato pelo número (43) 99945-0056 – WhatsApp do Centro de Oficinas para Mulheres (COM), da SMPM,. As vagas são limitadas e a ação é direcionada a pessoas acima de 18 anos, com ou sem conhecimento prévio da prática artesanal em questão. Todos os materiais necessários serão fornecidos pela organização, como tesouras, linhas, agulhas e outros, bastando às participantes apenas comparecer ao local.

Os trabalhos da oficina terão como ministrante a artesã Bianca Baggio, profissional cedida pelo Sesc. A técnica do fuxico, que forma pequenas “trouxinhas” de retalhos, abre possibilidades para as artesãs aprenderem passo a passo, na prática, a confeccionar diversos tipos de peças, entre itens decorativos, utensílios de uso doméstico, enfeites e tipos de ornamentos para acessórios como roupas, tapetes e outros. “Por meio do fuxico é possível criar, bolsas, capas de almofada, colchas de cama, customização de roupas e o que mais a criatividade da artesã permitir”, disse a gerente do Centro de Oficinas para Mulheres, Carina Souza.

O termo “fuxico”, de origem africana, significa remendo. Muito popular no Brasil, seu contexto, enquanto denominação para a prática de artesanato, remete a famílias de baixa renda que realizavam este tipo de serviço manual criativo reaproveitando retalhos, tecidos e outros materiais. Dessa forma, é possível criar peças com baixo ou nenhum custo, dependendo do que se tem à disposição.

Segundo a diretora de Empreendedorismo e Ação Educativas da (SMPM), Lisnéia Rampazzo, o objetivo da oficina é que as mulheres desenvolvam habilidades manuais e possam ter a possibilidade de gerar renda alternativa. “Essa é a quarta oficina realizada em parceria com o Sesc Cadeião, as ações têm tido uma ótima procura com resultado muito positivo”, destacou.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.