Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em 2023, é comemorado o centenário de nascimento do artista; concerto será no Teatro Ouro Verde, com início às 20h

O mestre do cavaquinho, o compositor brasileiro Waldir Azevedo, será homenageado pelo seu centenário de nascimento (27/01/1923) em um recital com o Duo Gian Correa e Rogério Caetano, violonistas, compositores e professores do 43º Festival Internacional de Música de Londrina (43º FIML). O evento Sanepar Apresenta: Centenário Waldir Azevedo será nesta terça-feira (11), no Teatro Universitário Ouro Verde (Rua Maranhão, 85), com início às 20h.

As entradas estão a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e podem ser adquiridas na plataforma Sympla. Durante o concerto, Gian e Rogério se revezam entre cavaquinhos e violões 7 cordas de aço, apresentando clássicos do homenageado, que colocou o cavaquinho no cenário nacional, com ênfase no choro, estilo musical tipicamente brasileiro.

Na programação, além dos clássicos de Waldir como “Brasileirinho” (1949); “Flor do Cerrado” (1977), para dois violões; “Delicado” (1950), “Pedacinho do Céu” (1951), “Rancho Fundo” (1957) e muitos outros, o público ouvirá composições autorais de Gian e Rogério e parceiros. Muitas delas são do Álbum “7”, lançado pelos dois compositores, incluindo “Valsa para o Dino” (Gian e Rogério).

Rogério Caetano – Rogério Caetano é músico, violonista, arranjador, produtor musical e compositor brasileiro. Bacharel em Composição pela Universidade de Brasília e mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é um premiado virtuose e referência no violão de 7 cordas. Com uma linguagem revolucionária, representa uma nova escola desse instrumento. Possui um método destinado ao instrumento (Sete Cordas, Técnica e Estilo em parceria com Marco Pereira) e uma discografia com 11 álbuns. Foi contemplado com o Prêmio da Música Brasileira 2016 (Melhor Disco Instrumental e Melhor Grupo), assim como o IMA (Independent Music Awards), nos Estados Unidos, em 2015 (best latin jazz álbum), e 2019 (best live performance álbum).

Esteve presente na lista dos melhores instrumentistas de 2015 pelo site Embrulhador. Recebeu o Prêmio Profissionais da Música em 2017 (artista instrumental), 2018 e 2019 (música de rua com o Coletivo Choro na Rua), 2021 (Intérprete de Choro). Indicado ao Grammy Latino 2021 (Melhor Disco Instrumental).

Gian Correa

A partir de 2000, integrou o conjunto “Um a zero”, atuando como solista de cavaquinho. Viajou pelo Brasil como parte do Clube do Choro de Brasília e do projeto “Instrumental Sesc Brasil”, de São Paulo. Gravou o CD “Tributo a Esmeraldino”, com o grupo, em homenagem ao compositor Esmeraldino Salles. Também fez parte dos grupos “Choro Moleque”, “Chorando as Pitangas” e “Ó do Borogodó”, este último na gravação do DVD “Nova Estação”, com a cantora Wanderléa. Colaborou em gravações de outros artistas como Dona Inah, Thiago França e Nelson Ayres. Participou do projeto “Panorama do choro paulistano contemporâneo”, que resultou em um disco lançado em 2011. Acompanhou diversos artistas em apresentações, incluindo Alessandro Penezzi, Zé da Velha e Silvério Pontes, Altamiro Carrilho, Toninho Ferragutti, Monarco, Nelson Sargento e Thiago França, entre outros. Também atuou como arranjador em várias produções musicais.

Realização

A 43ª edição do FIML é promovida pelo Governo do Estado do Paraná – Secretaria de Cultura, Prefeitura do Município de Londrina – Secretaria Municipal de Cultura e Associação de Amigos do Festival Internacional de Música de Londrina, com o apoio institucional da Universidade Estadual de Londrina. A realização é do Ministério da Cultura/Governo Federal.

O evento tem patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), e também da Unimed Londrina, Sanepar, Husker, Grupo Marajó, Dentalclean e Sinpro Londrina.

NCPML/com informações da assessoria do Festival Internacional de Música de Londrina

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.