Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O músico e poeta Aldo Moraes e a coréografa Jéssica Ramos estão radicados no interior de Sergipe desde 2019. Encantados com as belezas naturais e a forte cultura negra nordestina pesquisam desde então o reisado, samba de coco, lambe sujo, os caretas, o cordel, os grupos de pífanos e as danças relacionados a folguedos e dramatizações.

Jéssica é de Cambé e Moraes, coordenador do batuque na caixa, consolidou sua trajetória em Londrina. Neste período, enfrentaram a pandemia e se ambientaram nos costumes e tradições culturais de Sergipe valorizando inclusive intercâmbios dos artistas nordestinos com a Mostra Afro-Brasileira Palmares, o projeto Painéis Urbanos e o batuque na caixa.

Os dois tem atuado na execução das leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc, no interior de Sergipe e participam de eventos como lançamento de livros, lives, festejos juninos, shows musicais e de dança e pesquisam tudo que se relaciona aos costumes locais.

Em 19 de novembro, foram convidados pelos produtores culturais Sandra Rodrigues, Anderson Charles, José e Ana Reis e; Siniclei Almeida para uma imersão em Boquim, localizada no litoral Sul de Sergipe e conhecida como a terra da laranja. Moraes participou de um debate sobre consciência negra na rádio comunitária RCB ao lado de Severo D’acelino (historiador, escritor e ator que participou da novela Velho Chico, na TV Globo) ePai Gil Caboclo.

Em seguida, participaram da inauguração da Gelateca Reginaldo Oliveira, que recebeu a doação de 100 livros pelo batuque na caixa e será um projeto de incentivo a leitura organizado por Sandra Rodrigues. O evento contou com apresentações do grupo Capoeira Brasil e da banda de pifanos comandada por Mestre Tonho Preto. Tonho é patrimônio imaterial reconhecido pelo Governo do Estado de Sergipe.

À tarde, Jéssica e Aldo foram convidados a conhecer o Cantinho Cultural Alípio Reis, uma imensa biblioteca de cordel organizada pelo casal de escritores Ana e José Reis onde foram presenteados com cordéis sobre cangaço, Hermes Fontes e Aldir Blanc.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.