Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Trata-se do Programa de Incentivo à Leitura e Literatura (PILL), que inclui “Um Dedo de Prosa”, que terá nova ação nesta sexta (28). Festival Literário de Londrina foi transferido para setembro

Gestores de empresa e profissionais liberais poderão patrocinar uma das ações culturais mais expressivas do Festival Literário de Londrina.

Trata-se do Programa de Incentivo à Leitura e Literatura (PILL), que foi aprovado pela Lei Rouanet para captação de investimentos, no valor de R$ R$ 257.865, 30, junto ao empresariado (Pessoa Jurídica) e cidadãos (Pessoa Física).  Número da proposta aprovada: 37 99 28.

Respectivamente, cada segmento poderá destinar 6% e 4% do Imposto de Renda devido(pessoa fosca e jurídica, respectivamente). Os percentuais são a contrapartida da lei federal para quem deseja valorizar expressões culturais em todo o território nacional.

É o caso do PILL, que integra a programação do Londrix 18 Anos e promove o estímulo à literatura através de ações gratuitas direcionadas a adultos, jovens e crianças. Com isso, estimula-se a regionalização da produção cultural e artística com a valorização de recursos humanos e conteúdo locais. A programação acontece em diferentes espaços públicos, como ruas, escolas, praças e feiras.

O PILL compreende as seguintes ações culturais:

Um Dedo de Prosa nas Escolas/ Circuito de Escritores -  Promove o encontro entre escritores londrinenses e estudantes para uma conversa sobre literatura.  A ação foi iniciada na segunda-feira (27.03) com alunos do ensino médio e anos finais do ensino fundamental de unidades educacionais dos distritos de Londrina.  Cada unidade educacional receberá, em datas diferenciadas, autoresselecionados através de edital.  Ao todo, serão realizados 10 encontros. Trata-se de uma iniciativa reconhecida nacionalmente, que foi prestigiada pela Bolsa Fomento à Literatura do Ministério da Educação;

Assalto Literário

Performances e distribuição de livros em locais com grande concentração de leitores, como feiras, praças e terminais de ônibus, entre outros espaços públicos. Serão executadas cinco ações com duração de uma hora cada. Em 2015, o Assalto Literário foi o vencedor do Prêmio “Todos por um Brasil de Leitores”. A ação subverte o significado da palavra “assalto”. Ou seja, em vez de subtrair bens dos “assaltados”, há distribuição de livros e declamação de poemas;

Sarau Prosa, Poesia e outras delícias -Apresentação presencial de autores e atores com o público em geral, que são convidados para, através de um microfone aberto, fazerem leituras de textos. A ação dura duas horas e visa a formação de leitores mais atuantes e críticos, através do diálogo a respeito da produção literário e artística;

Sarauzinho

Ação direcionada aos alunos da rede municipal de ensino de Londrina, aberta também ao público em geral. Histórias são narradas aos estudantes, que ingressam num universo lúdico. Serão duas edições com duração de uma hora cada, em que os alunos são conclamados a participarem de reflexões e desfecho das narrativas e, com isso, se envolverem no mundo da literatura;

Café das Letras

Trata-se de um café da tarde com a presença de autores de Londrina e região, selecionada via edital. Serão executadas seis ações com duração de duas horas cada;

Exposição Poesia e Imagem

Instalação que reúne artes plásticas e literatura em torno de um tem.  Seleção de 10 poemas e 10 artistas plásticos para a criação das peças. Exposição de um mês na Biblioteca Pública de Londrina, aberta ao público no horário de funcionamento da instituição;

Encantamentos Poéticos na Maturidade

Realização de duas oficinas, escolhidas por edital, a serem realizadas nos Centros de Convivência de Idosos das zonas Norte, Oeste e Leste de Londrina. Quatro encontros com duração de quatro horas cada;

Contação de História para Adultos

Evento virtual realizado através do canal do YouTube do Festival Literário de Londrina, com transmissão pelo StreamYard. Seis performances on-line com a participação de escritor convidado, que irá ler um conto de sua autoria direcionado ao público adulto;

Apresentação Musical

Show com banda nacional autoral selecionado por edital. Os trabalhos deverão fazer conexão com a literatura.  A banda escolhida deverá ter até seis músicos atuando em show com no mínimo uma hora de duração;

Londrix 18 anos foi transferido para setembro

Importantes nomes locais e nacionais foram selecionados para as atividades do 18º Festival Literário de Londrina/ Londrix 18 Anos, que foi transferido para os dias 13 e 17 de setembro, no Museu Histórico Padre Carlos Weiss (Rua Benjamin Constant, 900), área central.

“A alteração de data ocorreu devido a aprovação do projeto PILL, pela Lei Rouanet. A captação de recursos também demanda mais tempo por parte da produção”, explica Chris Vianna, diretora geral do Londrix 18 Anos. Ela também é produtora cultural, poeta, atriz e também professora.

“Londrix em Curto” é o tema da edição deste ano. A curadoria do evento – composta por Claudia Freitas, Frederico Fernandes e Marcos Losnak - analisou expressivas 252 propostas de trabalhos encaminhadas, nas diversas modalidades.

O Londrix 18 Anos é patrocinado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura/ PROMIC, através do projeto nº 22-045.

Realização: Atrito Arte Artistas e Produtores Associados (AARPA). O evento literário, um dos mais importantes do Brasil, firmou parceria com a Universidade Estadual de Londrina/Museu Histórico de Londrina e Atrito Arte Editora. Apoio Cultural: Cultura Inglesa de Londrina.

Um Dedo de Prosa nas escolas

O Londrix 18 Anos já iniciou algumas de suas ações, como Um Dedo de Prosa nas Escolas,coordenadppor Beatriz Vianna Boselli. Quem abriu os trabalhos foi o dramaturgo, ator, direto e professor de teatroLuan Valero, em conversa com alunos do Colégio Anchieta, área central, no dia 27 de março.

Na próxima sexta (28), será a vez do poeta e escritor Eduardo Baccarin Costa, que irá se encontrar com alunos do Colégio Estadual Nilo Peçanha,centro de Londrina,às 10h15.

No dia 3 de maio, a escritora Isabela Cunha se reúne com estudantes do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos(CEEBJA) Herbert de Souza- Betinho, localizado também na área central, às 19h10.

Antônio Mariano Júnior/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.