Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Processo de seleção recebe inscrições por e-mail até 2 de fevereiro, com vagas abertas para cadastro de reserva

Para selecionar professores e professoras de basquete interessados em treinar crianças, de 6 a 12 anos, matriculadas na rede municipal de ensino, a equipe da Associação Pé-Vermelho de Esportes (APVE) Londrina Basketball está à procura de novos profissionais. As vagas abertas são para cadastro de reserva e as chamadas poderão ocorrer conforme as demandas e o perfil dos candidatos. A seleção visa atender ao projeto escolar Cesta Mágica, que contempla estudantes do 1º ao 5º ano, bem como para suprir as próprias equipes de base da agremiação.

O prazo de inscrições foi aberto ontem (29) e vai até o dia 2 de fevereiro, sexta-feira. Para participar, os interessados devem enviar o currículo exclusivamente para o endereço de e-mail associacaoapve@gmail.com.

A função dos educadores, caso sejam convocados pela APVE para preencher uma vaga, será desenvolver atividades esportivas na modalidade do basquete para meninos e meninas que estudam nas unidades escolares municipais.

Podem participar desse processo pessoas graduadas em Educação Física – Licenciatura Plena ou Bacharel. A carga horária semanal é de quatro horas. Serão atributos diferenciais possuir experiência como atleta de basquete, auxiliar técnico, estágio na área e cursos técnicos relacionados à modalidade.

O coordenador do projeto Cesta Mágica, pela APVE, Osmar Teixeira, informou que alguns currículos já foram recebidos nesta chamada aberta e estão sendo analisados pela equipe da associação, que levará em conta o perfil e as habilidades apontadas na fase de inscrição. “É importante formar um cadastro de reserva, uma vez que nem sempre é fácil encontrar profissionais disponíveis e interessados em trabalhar com o basquete. Essa base de currículos poderá servir para as equipes e projetos da APVE, em geral, sendo que o processo traz mais visibilidade para atrair pessoas que gostam da modalidade e queiram exercer essa função. No caso do Cesta Mágica, especificamente, caso apareça alguém com perfil, poderemos aproveitar já a partir de fevereiro, sendo que as aulas do projeto começarão no dia 19”, detalhou.

Um dos focos da chamada, o projeto Cesta Mágica é uma iniciativa que atendeu, em 2023, no primeiro ano de existência, mais de 300 alunos integrantes de 15 turmas, em seis unidades escolares de diferentes regiões, incluindo a área rural.

Esta ação é desenvolvida pela APVE Londrina Basketball, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME), que custeia a execução das atividades com a aquisição de materiais e pagamento dos professores.

As aulas são extracurriculares e ocorreram, no ano passado, em período de contraturno, nas escolas municipais John Kennedy, localizada no distrito de Guaravera; San Izidro e Aúrea Alvim Toffoli, na região leste; Maria Tereza Meleiro Amâncio e Corveta Camaquã, na área oeste; e Claudio de Almeida e Silva, na região sul.

Segundo o coordenador do projeto Cesta Mágica, há previsão de ampliação do projeto para o ano letivo de 2024, com expectativa de dobrar o número de alunos atendidos e de unidades escolares envolvidas.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.