Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O time buscava o bicampeonato da competição e foi derrotado nos pênaltis pelo Telêmaco Borba; time Sub-13 do Londrina foi vice-campeão do Campeonato Paranaense

No último fim de semana, o time feminino do Londrina Futsal disputou as finais dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs) 2023, em Pato Branco, e tornou-se vice-campeão do torneio. A equipe venceu a partida semifinal contra o Marechal Cândido Rondon, no sábado (25), pelo placar de 5 a 2, no Ginásio Dolivar Lavarda, garantindo vaga para a decisão. Os gols do Alviceleste foram marcados por Vanessa, Dany, Bruna, Gabi Amorim e Fernanda Alves.

Em busca do bicampeonato dos JAPs, as londrinenses encararam na finalíssima o Telêmaco Borba, na manhã de domingo (26), e o jogo terminou empatado no tempo normal por 1 a 1, com Gabi Amorim anotando o gol da equipe. A decisão foi para os pênaltis e, após dez cobranças para cada lado, as adversárias acabaram ganhando e ficando com o troféu desta edição. Os times repetiram a final de 2022, quando o Londrina sagrou-se campeão do futsal nos JAPs.

A técnica Jayne Borim enfatizou que o duelo final foi disputado em alto nível e marcado por muito equilíbrio e respeito entre as equipes, que já se enfrentam ao longo do ano por competições estaduais e nacionais. “Foi um jogo muito bom contra uma adversária que sempre vem fazendo ótimas campanhas nos torneios que disputa. As equipes se conhecem e o jogo foi páreo duro, conseguimos sair na frente do placar, mas não aproveitamos a chance de ampliar quando elas atacavam utilizando goleira-linha, tendo uma jogadora a mais atuando na criação. Elas acabaram empatando o jogo e a decisão foi para os penais, onde as cobranças tiveram uma série longa e infelizmente saímos derrotadas. Ficou aquele gostinho de frustração pelo título não ter vindo para nós, é claro, mas o ano foi bom como um todo para o time adulto que encerra sua participação em 2023”, comentou.

Segundo a treinadora, a expectativa é trabalhar para melhorar a performance na temporada seguinte, buscando a manutenção da equipe no alto patamar que conseguiu alcançar nos últimos anos. “Precisamos entender que chegar em um nível alto de qualidade é difícil, mas é ainda mais complicado conseguir manter o desempenho forte na elite e levar o time para as posições mais altas em busca dos títulos. Tivemos boas colocações nos campeonatos com os times adulto e das categorias de base, que conseguiram chegar nas finais dos Jogos da Juventude e dos Jogos Abertos do Paraná, garantindo uma vaga na fase final de ambos para 2024, sem a necessidade de disputarmos as fases regionais e macrorregionais”, acrescentou.

As boas participações do Londrina Futsal reforçam o trabalho desenvolvido durante a temporada 2023, envolvendo todas as atletas e a comissão técnica da agremiação. O time conseguiu alcançar o 3º lugar na Liga Feminina de Futsal, superando a 4ª colocação de 2022. Também encerrou em 3º lugar a Taça Brasil de Clubes, realizada em Londrina, além de ficar em 4º lugar no Campeonato Paranaense Série Ouro, e com a 5ª posição na Copa Mundo de Futsal. Outros resultados relevantes foram os dois vice-campeonatos com o time de base, nos dos Jogos da Juventude e agora nos Jogos Abertos do Paraná.

O projeto do Londrina Futsal é patrocinado pela Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes (FEL), com recursos provenientes do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe).

Sub-13 vice-campeã estadual

No último fim de semana foram realizadas, em Cambé, as partidas decisivas do Campeonato Paranaense Sub-13 feminino. A equipe do Londrina Futsal foi vice-campeã após três jogos disputados na fase final, iniciada na sexta-feira (24), com um empate em 3 a 3 diante do A.N.Sports / Pôr do Sol Futsal, de Foz do Iguaçu.

No sábado (25), o time comandado pela técnica Caroline de Brito entrou duas vezes em quadra, no ginásio do HTC, em Cambé. O primeiro jogo, contra o Afeto/SMEL de Toleto, ficou empatado em 1 a 1. O gol do Tubarão foi marcado pela atleta Mariana.

Já na partida da noite as londrinenses voltaram à quadra e golearam o time de Castro por 7 a 0, com gols de Ana Silva (2), Fabielen (2), Mariana, Duda e Ana Pazoto, garantindo o segundo lugar no estadual.

Além da conquista coletiva, o Londrina Futsal ainda teve a artilheira da competição, Ana Silva, com 14 gols marcados, e a goleira menos vazada, Nataly.

O time Sub-13 do Londrina Futsal foi montado em 2023 com um projeto de seletiva no começo do ano. A partir disso, foram formadas escolinhas em polos sociais que integram o convênio entre a equipe e a Fundação de Esportes (FEL), via patrocínio do Feipe. Acabou conseguindo ser vice-campeão sem ser derrotado na fase final, fechando sua participação com uma vitória e dois empates.

A treinadora do time adulto do Londrina Futsal, Jayne Borim, salientou que trabalhar as categorias de base é a melhor forma de fortalecer, posteriormente, as equipes de alto rendimento. “O projeto existe em Londrina há mais de 30 anos, e sempre quando conseguimos ter mais êxito nas temporadas com o time adulto foi porque  foi possível a manutenção das jogadoras e um bom preparo das categorias de formação. É assim que fomentamos o time adulto, revelando talentos da nossa própria cidade e região, sem ter que trazer sempre várias atletas de fora. Muitas meninas do time adulto atual vieram exatamente deste projeto, começando lá atrás o processo de formação”, concluiu.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.