Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

São dezenas de modalidades contempladas em seis programas diferentes (Adulto, Juventude, Alternativo, Paradesportivo, Master e Ligas); entidades devem apresentar documentos até 11 de abril

A Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes (FEL), divulgou o resultado final do Edital n° 01/2024, apresentando a lista de projetos esportivos habilitados para receber o patrocínio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe) em 2024. Após a análise dos recursos, ante o resultado provisório, 82 propostas foram classificadas para firmar parceria, perfazendo cerca de R$ 6,9 milhões em investimentos disponíveis neste ano. Essa foi a maior quantidade de projetos selecionados em um único edital do Feipe, entre todas as edições já realizadas do programa, existente há 22 anos.

A relação definitiva, com o parecer classificatório, está disponível para acesso no site da FEL, tendo sido publicada também no Jornal Oficial do Município, edição nº 5.153, de 27 de março.

Foram habilitados 28 projetos no segmento Adulto (R$ 3,105 milhões); 20 no Juventude (R$ 2,163 milhões); 14 no Paradesportivo (R$ 485 mil); 11 no Alternativo (R$ 330 mil); 7 em Master (R$ 215 mil); e 2 no programa Ligas (R$ 624.981,43). Todos estes deverão apresentar toda a documentação até o dia 11 de abril (mais detalhes abaixo)

Dentre as mais de 80 propostas aprovadas, são estreantes no Feipe, firmando parceria com a Prefeitura pela primeira vez, as modalidades de escalada, fisiculturismo, futebol B2/B3 (para deficientes visuais) e kendô.

Para o presidente da FEL, Marcelo Oguido, a ampla participação no edital de 2024 é uma marca histórica do Feipe, representando o fortalecimento da política pública em favor do esporte em Londrina. “Essa marca é muito significativa para a cidade, para a Prefeitura e a Fundação de Esportes, bem como para as dezenas de entidades e clubes envolvidos e beneficiados pelo programa. Ter mais de 80 iniciativas contempladas confirma a seriedade e evolução do trabalho, e também demonstra cada vez mais profissionalismo por parte das instituições, que estão se preparando melhor para serem mais assertivas nas etapas do Feipe, e também ao se inscreverem em editais estaduais e federais. O alcance do programa vem sendo ampliado a cada edição, valorizando o esporte local e trazendo resultados excelentes para cá, seja no esporte de base ou de alto rendimento, passando por diferentes segmentos beneficiados”, afirmou.

De acordo com Oguido, a FEL também tem aprimorado as capacitações realizadas para prestar suporte aos proponentes e qualificar a concorrência. “Podemos notar hoje muito menos projetos sendo inabilitados. Existem aqueles que se classificam, cumprindo corretamente o processo, mas acabam perdendo somente na concorrência, quando há, como parte natural da seleção. A Prefeitura também vem estudando maneiras de, futuramente, criar uma espécie de Feipe social para trabalhar novos formatos de promover eventos esportivos e de lazer junto à comunidade. São caminhos que se mostram interessantes e podem ser trilhados para a construção de mais iniciativas para a cidade”, contou.

Para o Edital 01/2024 não foram apresentadas propostas para 11 modalidades, de um total de 90 oportunidades abertas. Ficaram desertos o boxe (adulto), kung-fu (adulto), jiu-jitsu (adulto), tênis de campo (adulto), natação (juventude), rugby (juventude), xadrez (juventude), futsal (master), basquete em cadeira de rodas, halterofilismo (paradesportivo) e vôlei sentado (paradesportivo). Somados os investimentos que haviam sido reservados para cada uma das modalidades, o valor é de R$ 270 mil, que serão utilizados para fomentar outros projetos que acabaram sendo contemplados pelo Feipe após o resultado preliminar.

Considerando o interesse público, o recurso remanescente das modalidades desertas e a determinação da Fundação de Esportes de Londrina, o órgão informou, a partir do edital de resultado final, que foram convocadas as modalidades Futebol B2/B3, Softball, Flag Football e Fisiculturismo, habilitadas e classificadas no programa Alternativos.

Convocação e documentação 

Após o resultado final, os proponentes com projetos habilitados estão convocados pela Fundação de Esportes de Londrina para a apresentação do Plano de Trabalho e comprovação de regularidade jurídica. Nessa segunda etapa, as entidades devem apresentar todos os documentos exigidos até o dia 11 de abril.

O protocolo é individualizado por proposta e precisa ser protocolado pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI) da Prefeitura de Londrina (detalhes no final do edital de homologação do resultado e convocação).

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.