Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Após ter vencido o primeiro jogo por 5 a 2, o Tubarão precisa de um empate fora de casa para ir à final do campeonato

Valendo uma vaga para a grande final do Campeonato Paranaense 2023, a equipe feminina do Londrina Futsal joga neste sábado (4) contra o Stein Cascavel, fora de casa, às 19h30, no ginásio de esportes da Coopavel. O time alviceleste vem se preparando para o segundo e decisivo duelo da semifinal, no qual precisa de um empate para se classificar. No primeiro jogo, como mandante, o Londrina derrotou as adversárias pelo placar de 5 a 2, obtendo vantagem para o jogo de volta.

Já o Stein Cascavel terá que ganhar a partida, por qualquer diferença, para levar a decisão para a prorrogação. Persistindo o empate no período extra, o jogo vai para as penalidades. No outro duelo semifinal, jogarão no domingo (5) o ADTB/Telêmaco Borba e o Copagril/Marechal, que empataram no primeiro jogo. A partida será às 20h em Marechal Cândido Rondon.

Este será o quarto confronto consecutivo entre Londrina e Cascavel nas quadras, que já se tornou um clássico do futsal paranaense feminino. Além de disputarem a semi do estadual, as duas equipes se enfrentaram pela semifinal da Liga Feminina de Futsal (LFF), com as cascavelenses vencendo os dois jogos – 3 a 2 em Londrina, e 6 a 1 em Cascavel. O Londrina encerrou sua participação na LFF em 3º lugar, superando a temporada 2022, quando ficou na 4ª posição.

A treinadora do Londrina Futsal, Jayne Borim, destacou que o grupo está focado totalmente neste jogo decisivo e tentará a vaga para a final paranaense até o fim. “Acabamos sendo eliminadas da Liga Feminina pelo Cascavel, mas agora é outro jogo e outra realidade, é necessário se concentrar nisso. Conseguimos ganhar em casa no primeiro jogo e vamos buscar agora pelo menos um empate para chegar à final do Paranaense. Estamos treinando forte durante toda essa semana e vamos viajar no sábado para jogar em Cascavel”, disse.

Borim também enfatizou que a equipe estará completa para essa partida. “No último jogo, pela Liga, estávamos sem as jogadoras Bruna, que cumpriu suspensão, e Glória, que se recuperava de uma lesão. São jogadoras importantíssimas no time, que fizeram falta, mas voltam a fortalecer muito o time nesse jogo decisivo. Vamos tentar implantar um ritmo de jogo intenso, dentro das nossas características, para alcançar o resultado que nos garanta a classificação”, frisou.

O projeto Londrina Futsal Feminino recebe o apoio da Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), integrando a lista de projetos patrocinados pelo Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe).

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.