Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A semana começou com muita comemoração para Igor Tofalini. Na última segunda-feira (20), o paracanoísta conquistou pela sétima vez consecutiva a medalha de ouro nos Jogos Paradesportivos do Paraná (Parajap's), em Foz do Iguaçu, ao percorrer 200 metros em 52s010. Com o resultado, o atleta fecha a temporada de maneira positiva. Antes disso, ele ajudou o Brasil a garantir uma das vagas da modalidade para os Jogos Paralímpicos de Verão Paris 2024.

A vaga paralímpica foi alcançada para o país após a segunda colocação conquistada no Campeonato Mundial de Paracanoagem, disputado na cidade de Duisburg, na Alemanha, em setembro. Na semana seguinte, Igor Tofalini viajou para Paris, na França. Por lá, ele disputou a Copa do Mundo de Paracanoagem e, novamente, conquistou a medalha de prata.

Igor Tofalini tem 40 anos de idade e rema uma embarcação do tipo canoa. O paracanoísta disputa as provas de 200 metros na categoria VL2, que é a classificação funcional para quem compete em canoa e possui mobilidade de membros superiores e tronco.

“A temporada de 2023 foi muito boa para mim. Novamente, consegui conquistar mais medalhas representando o Brasil. Quase foi uma medalha de ouro, mas essa medalha de prata me enche de orgulho para batalhar por novas conquistas em 2024. Agora, é voltar para o centro de treinamentos da seleção e treinar para evoluir, sempre com o objetivo da tão sonhada medalha olímpica”, diz Igor Tofalini.

A medalha de ouro paralímpica é a única conquista que falta no currículo de Igor Tofalini. O Peão da Águas, como é carinhosamente conhecido pelo público, é bicampeão mundial de paracanoagem (2018 e 2022), tem 3 medalhas de ouro do Campeonato Pan-Americano e outros cinco títulos nacionais. Em 2018, o Comitê Paralímpico Brasileiro nomeou Igor Tofalini como o atleta do ano.

Igor Tofalini representa Londrina nas competições oficiais e é atleta do Iate Clube de Londrina/ FEL/ Ipec. Integrante da Seleção Brasileira de Paracanoagem de 2016, o paracanoísta viaja na próxima semana para Ilha Comprida (SP), onde fica o centro de treinamento da equipe nacional. O objetivo é iniciar o ciclo de treinamentos de olho nos Jogos Paralímpicos de Paris em 2024.

JSodré Comunicação

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.