Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Plenário do Senado realiza, nesta terça-feira (27), a primeira discussão sobre proposta de emenda à Constituição que concede imunidade do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) a veículos terrestres de passageiros com mais de 20 anos de fabricação. A PEC 72/2023, do senador Cleitinho (Republicanos-MG), recebeu voto favorável do senador Marcos Rogério (PL-RO) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A sessão está prevista para começar às 14h.

A proposta inclui esse tipo de veículo na lista de imunidades de IPVA previstas na Constituição, que já prevê o benefício para tratores, máquinas e aeronaves agrícolas, por exemplo.

Antes de ser votada em primeiro turno, a PEC deve passar por cinco discussões. Três delas já estão marcadas — na terça (27), na quarta (28) e na quinta (29). Para ser aprovada, a proposta precisa ser acatada por no mínimo dois terços da Casa legislativa, 54 senadores, em dois turnos de votação.

Indenizações

Os senadores também devem analisar o projeto de lei (PL) 2.812/2023, que dá nova oportunidade para que o réu cumpra ordens impostas pelo juiz antes de ser obrigado a indenizar o autor de ação civil. Os integrantes da CCJ aprovaram no dia 21 de fevereiro o relatório da senadora Professora Dorinha Seabra (União-TO), que apoia o texto da Câmara dos Deputados.

As regras valem para as ações judiciais relativas às chamadas “prestações de fazer, de não fazer e de entregar coisa”. A mudança vale nos casos em que a Justiça determina, por exemplo, que uma empresa substitua um produto com defeito. Pela legislação em vigor, se essa obrigação não for realizada no prazo, o autor da ação pode pedir uma indenização. O projeto busca dar uma nova chance ao réu, para que somente depois de um novo descumprimento é que possa haver a cobrança de indenização. 

Agricultura Familiar

Também está na pauta a análise do PL 5.826/2019, da Câmara, que amplia o âmbito da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. A Comissão de Agricultura (CRA) acatou o relatório do senador Alan Rick (União-AC) no dia 21 de fevereiro. Com isso, o colegiado espera incluir modernização, inovação e desenvolvimento sustentável e tecnológico entre os aspectos a serem considerados na política. 

Ciclone no Sul

A Medida Provisória (MP) 1.188/2023, que liberou R$ 360,9 milhões para mitigar os efeitos de um ciclone extratropical que atingiu o Rio Grande do Sul em setembro do ano passado, também deve ser analisada pelos senadores. A data da sessão é o último dia de validade da MP, que já foi aprovada pelos deputados.

Por ser abertura de crédito extraordinário, o governo federal dispôs dos recursos com a própria abertura da MP, em setembro de 2023. Mas, sem a aprovação do Congresso, o Poder Executivo não poderá utilizar os recursos previstos que ainda não tenham sido gastos após a validade da medida.

Agência Senado

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.