Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento conecta desafios da Prefeitura na área de tecnologia aos empreendimentos e fornecedores do setor

Estão abertas as inscrições para o 1º LondrINOVA – um evento para conexão do mercado de Tecnologia, Informação e Comunicação (T.I.C.) de Londrina com a governança pública municipal.

O LondrINOVA é organizado pela Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Compra Londrina; das secretarias municipais de Gestão Pública (SMGP), de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT) e de Governo (SMG); do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel); e da Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento (CTD).

O evento tem parceria com a Estação 43, Associação Brasileira de Tecnologia, Inovação e Comunicação (Abratic), Arranjo Produtivo Local – APL de TIC, TI Paraná, Senai e Sebrae.

Após pesquisa realizada pela SMGP com as secretarias, a organização do evento selecionou 23 desafios tecnológicos em várias áreas da Prefeitura. As questões são diversificadas e envolvem abordagens de desafios em sete áreas tecnológicas (veja o detalhamento no link do formulário).

A partir do levantamento dos desafios, as empresas e profissionais de T.I.C. de Londrina agora podem se inscrever para apresentar soluções, durante o evento, para uma ou mais áreas. As empresas vão apresentar um pitch às secretarias.

A expectativa é de que o mercado privado de T.I.C. de Londrina ajude o poder público municipal a entender como mediar desafios tecnológicos com aplicativos, soluções web, ERPs e painéis de BI, por exemplo, entre várias possibilidades.

As inscrições de ideias para os desafios vão até 29 de fevereiro e podem ser feitas pelo link https://bit.ly/LondrINOVA. O 1º LondrINOVA está previsto para ocorrer em 12 de março, na Universidade Positivo. Podem se inscrever profissionais, empresas e startups que se interessem em atuar no campo de tecnologia para governos – ou gov.tech.

As soluções propostas para os desafios podem já existir ou não – o objetivo inicial do LondrINOVA é criar interações entre as necessidades do poder público municipal e a capacidade de resposta do mercado local para estas questões, visando futuras contratações.

“O LondrINOVA é um novo passo do Programa Compra Londrina que já tem sucesso na abordagem de vários mercados e agora abre a perspectiva do mercado local de tecnologia. Com a ajuda dos atores de T.I.C., a nossa Prefeitura poderá conhecer o que as empresas de Londrina têm de melhor para modernizar a gestão pública em vários temas. É uma ação inédita e de impacto”, afirma Fábio Cavazotti, secretário da SMGP, pasta que lidera o programa de compras locais.

A abordagem resulta também da recente Lei Municipal 13.618/2023 que, entre diversos incentivos para empresas nas contratações públicas da Prefeitura, prioriza o estímulo às verticais de desenvolvimento listadas no MasterPlan – no qual o setor de T.I.C. está posicionado como estratégico para Londrina, ao lado do Agronegócio, Química e Materiais, Eletrometalmecânica e Saúde.

“É uma grande oportunidade de se apresentar para o poder público e exibir o know-how e expertise das empresas de Londrina. O mercado de T.I.C. na Prefeitura possui um dos maiores orçamentos de Londrina e região”, afirma Lúcio Kamiji, presidente do TI Paraná e do Estação 43, que agrega o ecossistema local de tecnologia de Londrina.

“Uma Prefeitura como a de Londrina demanda por diversas soluções e essa será a primeira aproximação entre os dois campos. É uma construção a muitas mãos”, complementa Kamiji.

Roberto Nishimura coordena a Associação Brasileira de Tecnologia, Inovação e Comunicação (ABRATIC), um dos mobilizadores da iniciativa com a Secretaria Municipal de Gestão Pública. “Vamos aproximar os empresários de Londrina da Prefeitura, criando uma forma de mostrar produtos e serviços úteis ao poder público. Será também um momento para conhecermos em profundidade as demandas das diversas secretarias que precisam de soluções do nosso segmento”, aposta.

Além das soluções das empresas que vão ser expostas às secretarias municipais, durante o 1º LondrINOVA haverá painéis sobre cases de produtos tecnológicos londrinenses que tiveram sucesso no mercado privado, momentos de troca direta entre as empresas proponentes e servidores das secretarias e explicações sobre modelos futuros de contratação que podem ser viabilizados pela Prefeitura de Londrina e pela Companhia de Desenvolvimento e Tecnologia (CTD). Neste momento, as inscrições estão abertas apenas para empresas e proponentes de soluções.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.