Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de março; a feira ocorrerá nos dias 27, 28 e 29 do mesmo mês, na Praça Tomi Nakagawa

A Prefeitura de Londrina está recebendo inscrições para a 30ª edição da tradicional Feira do Peixe Vivo, que será realizada nos dias 27, 28 e 29 de março, na Praça Tomi Nakagawa. A iniciativa integra o projeto “Feira de Produtos de Época”, da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA), que visa disponibilizar aos produtores espaços públicos para a venda de produtos no auge da produção.

Os piscicultores interessados em participar da feira devem fazer inscrições até o dia 15 de março, pelo e-mail abastecimento@londrina.pr.gov.br ou presencialmente na sede da SMAA, localizada dentro do Parque Arthur Thomas (Rua da Natureza, 155, Jardim Piza).

Para efetuar inscrição, é necessário enviar ou apresentar cópias dos documentos pessoais (RG, CPF ou CNH e um comprovante de residência); o comprovante de Condição de Produtor Rural, que é a matrícula atualizada do imóvel ou contrato de arrendamento; o Cadastro Ambiental Rural, ou seja, CAD/PRO atualizado; e Cadastro de Explorações Agropecuárias (Adapar).  Dúvidas e outras informações podem ser esclarecidas no telefone (43) 3327-4789.

Na edição deste ano, a feira irá ocorrer nos seguintes horários: dias 27 e 28 de março, das 8h às 18h, e dia 29 das 8h às 13h. O objetivo da Feira do Peixe Vivo é estimular a piscicultura na região, oferecendo aos consumidores produtos de boa procedência e com preço acessível.

Para o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Régis Choucino, a iniciativa representa uma forma de incentivar a produção na região e intensificar a economia local. “A ação proporciona, aos produtores, a oportunidade de escoamento da produção, fortalecendo a piscicultura do município de Londrina, aproximando o produtor do consumidor. E na época da Semana Santa, oferece à população opções para uma alimentação mais saudável”, apontou.

Na edição de 2023, a Feira do Peixe Vivo comercializou  8,5 toneladas de peixes. Entre as espécies comercializadas, estiveram carpa, tilápia, pacu e pintado, com preços atrativos.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.