Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com capacidade para 514 passageiros por hora, no último ano quase 690 mil passaram pelo saguão do Aeroporto Governador José Richa

 número de embarques no Aeroporto de Londrina Governador José Richa teve um salto expressivo no ano passado. Segundo a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em 2022 o crescimento foi de 59,5% em comparação com 2021. Os dados da CCR Aeroportos, empresa que administra o Aeroporto de Londrina, apontam que 688.318 passageiros foram transportados na cidade no último ano.

No ranking estadual, Londrina obteve o melhor segundo crescimento, logo atrás de Foz de Iguaçu (62%). Depois de Londrina, Cascavel puxa a fila com 59,2%, seguido de São José dos Pinhais (56,8%) e Maringá com alta de 34%.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani, afirmou que esse resultado é reflexo do momento positivo que a cidade está vivendo. “Nosso ecossistema é muito forte e, com esse modelo de gestão do prefeito Marcelo Belinati, de gerar oportunidades, há várias empresas se instalando na cidade e outras se expandindo. Com isso, aumenta o fluxo de profissionais que precisam vir pra cidade, num grande processo de networking e desenvolvimento”, avaliou.

A CCR Aeroportos destacou que houve investimentos na estrutura física que visaram a segurança, o melhor fluxo de passageiros e a qualidade de sua permanência na espera do embarque. “O novo espaço no terminal de passageiros tem capacidade para 514 pessoas por hora. A área foi ampliada de 348m² para 631m², além de melhorias na climatização e um novo banheiro”, detalhou em nota.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), Angelo Pamplona, pontuou que esse aumento de circulação de pessoas no Aeroporto é benéfico para toda a cidade. “Esse crescimento mostra também que Londrina é atrativa, seja pelas suas vocações econômicas, culturais, de educação, saúde e negócios. Nossa cidade está dialogando intensamente com outras metrópoles, recebendo informações, negócios e oportunidades, além de enviar profissionais para conhecer outras realidades. Essa movimentação é bastante positiva para o desenvolvimento regional”, disse.

Em termos nacionais, o Paraná foi o estado que mais teve aumento no número de embarques em aeroportos no ano passado, com 58%, saltando de 2,3 milhões de passageiros para 4 milhões. Em seguida, vem Rio de Janeiro (49%), São Paulo (47%), Minas Gerais (41%) e Distrito Federal (18%). “Os números de 2022 foram excelentes, o que reflete uma retomada do turismo em nosso estado. E, no comparativo ao período pré-pandêmico, quando observamos os dados de 2019, podemos afirmar que o Paraná praticamente já recuperou os mesmos patamares de fluxo aéreo”, avaliou o secretário de Turismo do Paraná, Marcio Nunes.

Novas Rotas

A CCR Aeroportos adiantou que está em negociação avançada com as companhias aéreas, visando ampliar a oferta de voos a partir de Londrina. A concessionária enfatizou que esse diálogo já proporcionou a retomada da rota entre Londrina e Porto Alegre, e a inauguração da rota inédita para Porto Seguro, na Bahia.

O presidente da Codel enfatizou que tem tido reuniões freqüentes com a CCR, juntamente com outras lideranças, com foco nessa articulação junto às companhias. “Queremos fazer com que aumente a cada ano o número de voos, mostrando o potencial da nossa cidade e da nossa região”, frisou.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.