Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Equipamentos só interrompem o fluxo quando acionados no bordo da pista; tecnologia visa evitar fechamentos desnecessários e congestionamentos no trânsito

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) instalou e deve colocar em funcionamento, até a próxima segunda-feira (5), novos semáforos para pedestres na avenida Maringá. Os aparelhos foram posicionados nas proximidades da esquina com a rua Jaguapitã, em frente a um colégio particular que atende estudantes da educação infantil ao ensino médio, no Jardim Dom Bosco, zona oeste de Londrina.

A implantação dos dispositivos, realizada em parceria com o centro educativo e iniciada há cerca de uma semana, foi acompanhada de ajustes na sinalização e da construção de rampas de acessibilidade para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. O objetivo da medida é oferecer mais segurança aos pedestres que cruzam a avenida Maringá, sobretudo nos horários de entrada e saída das aulas, quando a circulação de pessoas a pé é maior na região.

O gerente operacional de trânsito da CMTU, Laercio Voloch, explica que, diferentemente dos semáforos comuns, que paralisam o tráfego mesmo quando não há veículos ou pedestres aguardando passagem, os novos equipamentos operam de maneira inteligente, por meio de botoeiras. “A interrupção do fluxo só acontece pelo acionamento dos botões no bordo da pista, de modo a preservar a fluidez e evitar paradas desnecessárias”, conta.

Voloch detalha que os semáforos diferenciados possuem adesivos explicativos para instrução dos transeuntes, que poderão esperar de cinco segundos a um minuto até o início da travessia. “Para fazer a passagem completa da via, o cidadão precisará acionar a botoeira, aguardar a conclusão do ciclo dos sinaleiros do entorno e só então iniciar o movimento”, orienta.

Segundo o gerente, além da segurança, a ativação dos aparelhos visa contribuir para o processo educativo da população, estimulando a utilização da faixa de pedestres.

Histórico 

Instalados na primeira metade da década de 2010, os dispositivos com botoeiras mais antigos em funcionamento em Londrina estão localizados na avenida Duque de Caxias, em frente à Prefeitura, e na avenida Saul Elkind, na altura do nº 2.177. De lá para cá, a tecnologia passou a ser empregada também nas avenidas Laranjeiras, Ayrton Senna, Tiradentes, Higienópolis, Soiti Taruma, Máximo Perez Garcia, Duque de Caxias e na rodovia Mábio Gonçalves Palhano, entre outras vias.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), ultrapassar o sinal vermelho do semáforo e deixar de dar preferência de passagem ao pedestre, na faixa a ele destinada, são infrações de natureza gravíssima. Ambas rendem multa de R$ 293,54, com perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Danylo Alvares, da assessoria da CMTU.

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.