Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Empresa pública federal está investindo quase R$ 53 milhões na construção de seu novo Complexo Operacional, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)

Os Correios terão uma nova e moderna sede em Londrina, dotada de estruturas e equipamentos voltados à sustentabilidade e à eficiência operacional. Ontem (7), a empresa pública federal realizou a solenidade de assinatura da ordem de serviço e o lançamento da pedra fundamental do seu novo Complexo Operacional na cidade. A sede atual será demolida para a construção do novo empreendimento, que ficará na Rodovia Celso Garcia Cid, 900, no Jardim Portal de Versalhes I.

No total, o investimento inicial na obra será de R$ 52,6 milhões, em recursos federais, e a previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2026, dentro do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A empresa responsável pelos trabalhos será a Pilotti Engenharia, que terá 10 meses para concluir a elaboração do projeto e 16 meses para construir o novo edifício.

Contabilizando 20,8 mil m2 de área operacional, a nova unidade prosseguirá atendendo 195 municípios da região de Londrina, e será o local de trabalho de quase 300 empregados dos Correios. O objetivo principal da iniciativa é trazer ainda mais eficiência ao funcionamento do complexo, proporcionando um ambiente de melhor qualidade aos trabalhadores que lá atuam. Entre as melhorias a ser implementadas, estão placas de captação solar, equipamentos para a captação da água da chuva e maquinário para a automatização das operações.

O edifício abrigará unidades de tratamento, logística e distribuição de cartas e encomendas, além de áreas administrativas e de apoio. Durante o período de obras, esses trabalhos serão realizados em um edifício alugado pelos Correios, localizado em Cambé. Além disso, a agência da empresa que funcionava na unidade foi transferida, em outubro, para outro ponto, localizado na Avenida Arthur Thomas, onde deverá permanecer de forma definitiva.

Conforme o superintendente dos Correios no Paraná, Marcos Paulo Paim, o edifício onde ficará o novo complexo foi adquirido pela estatal em 2001, e se encontrava obsoleto, necessitando de melhorias.

“Só temos a agradecer ao Governo Federal por realizar esse gesto de reconstrução dos Correios, que não recebiam investimentos fazia muito tempo. Além dos quase R$ 53 milhões alocados inicialmente, essa obra receberá outros investimentos voltados à automatização do prédio. A melhoria para a população será no fluxo e nos prazos de entrega dos objetos. Com melhores condições de logística, as encomendas poderão chegar ainda mais rápido e com mais qualidade ao seu destino”, destacou.

O vice-prefeito de Londrina, João Mendonça, frisou que os Correios são uma empresa com séculos de história, e estão presentes em terras londrinenses desde o nascimento da cidade. “Parabenizo a empresa por essa grande conquista, e lembro que os Correios por pouco não foram privatizados, o que teria sido um grande prejuízo para a sociedade brasileira. É uma empresa formada por trabalhadores muito dedicados, e que vai crescer cada vez mais”, afirmou.

A diretora de Governança e Relações Internacionais da Secretaria Municipal de Governo (SMG), Liz Rodrigues, participou da cerimônia representando o secretário municipal de Governo e procurador-geral do Município, João Luiz Esteves. “Os Correios são um parceiro muito importante para a Prefeitura, e recentemente a empresa firmou um acordo com a Secretaria de Governo para oferecer capacitações a microempreendedores locais que querem exportar seus produtos. Além disso, temos feito reuniões para ampliar ainda mais as parcerias do Município com a estatal”, disse Rodrigues. 

Autoridades presentes

Entre outras autoridades, também compareceram ao evento o deputado federal Tadeu Veneri, o deputado estadual Arilson Chiorato e a vereadora Lenir de Assis; o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre; a representante da Fiep e presidente do Sinduscon Paraná Norte, Célia Catussi; e o diretor do Senac PR, Sidnei Lopes Oliveira.

Por parte dos Correios, participaram os diretores de Administração, José Rorício Aguiar de Vasconcelos; de Operações, Frank Schneider Carvalho de Moura; e de Infraestrutura, Denny Toyama.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.