Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O veículo é totalmente adaptado para transportar os assistidos pela Associação Flávia Cristina, incluindo pessoas cadeirantes

Uma conquista muito aguardada por uma instituição assistencial filantrópica da cidade foi celebrada na sexta-feira (22), na sede da Prefeitura de Londrina. A Associação Flávia Cristina recebeu seu primeiro ônibus próprio, repassado pelo Município, para transportar crianças, adolescentes e adultos com necessidades educacionais especiais, público que recebe da entidade atendimento gratuito e especializado. Atualmente, são atendidos de forma permanente pela organização 900 usuários.

O prefeito Marcelo Belinati participou do momento de entrega do veículo juntamente com lideranças que foram articuladoras da iniciativa, a deputada estadual Cloara Pinheiro e o vereador Emanoel Gomes. O líder da Câmara Municipal representou o deputado federal Aroldo Martins e o deputado estadual Alexandre Amaro, viabilizadores de emendas parlamentares que somaram R$ 237.800 para a obtenção do veículo.

Com a aquisição, a Associação Flávia Cristina agora possui um ônibus próprio – adaptado e adequado – para pessoas com deficiência, contando com estrutura completa e acessibilidade para cadeirantes e outros elementos que garantem a segurança e conforto dos passageiros. Este veículo já está disponível para fazer o transporte dos assistidos pela entidade sem fins lucrativos, podendo ser utilizado em passeios e visitas a espaços públicos de Londrina, incluindo museus, centros culturais, artísticos e de lazer, incluindo o Parque Arthur Thomas, o Jardim Botânico, o Lago Igapó e outros.

A diretora-geral da instituição, Cibele Hencklain Blaauw, comemorou o recebimento do veículo e sublinhou que essa conquista ampliará as possibilidades de atividades externas, garantindo um atendimento ainda mais completo e eficaz. “O ganho é gigantesco para todos nós, principalmente às crianças, adolescentes e adultos atendidos, para uma aprendizagem mais plena. Contar com um ônibus próprio e que comporta adequadamente nosso público, garante a realização de aulas práticas, exposições e passeios em diferentes locais da cidade, já que eles fazem muitos trabalhos de artesanato, artes e exposições. Não tínhamos antes um veículo para isso e sempre precisávamos viabilizar transportes por meio de parcerias, agora teremos mais qualidade e regularidade no transporte”, contou.

Segundo Blaauw, a ação vai ao encontro da essência do trabalho de inclusão social prestado pela Associação Flávia Cristina. “A intenção é garantir sempre, em sua plenitude, o acesso e exercício dos direitos das pessoas com necessidades especiais, e isso passa pelo pertencer a uma cidade. Significa cidadania e inclusão em um processo mais enriquecedor, permitindo que todos possam ocupar os espaços de Londrina em atividades práticas. É uma conquista grande e agradecemos ao empenho dos representantes políticos que ajudaram a destravar uma situação que estava pendente para conseguirmos o ônibus”, afirmou.

O prefeito Marcelo Belinati expressou felicidade ao compartilhar com todos o momento de realização de um desejo antigo da entidade filantrópica contemplada. “Sinto gratidão enorme hoje, participando da entrega de um veículo que fará a diferença no dia a dia da Associação Flávia Cristina e na vida de tantas pessoas que precisam de suporte e atenção. Os deputados Amaro e Aroldo Martins conseguiram viabilizar os veículos, com participação do vereador Emanoel Gomes, mas o repasse não podia vir direto do Governo do Paraná para a instituição, então houve uma articulação para que pudesse ser feita uma doação ao Município e o devido repasse à associação. A Cloara abraçou a causa e teve papel determinante para que essa solução política fosse concretizada. As entidades e instituições locais são indispensáveis para a cidade em todos os segmentos, e poder trabalhar com elas é uma honra e motivo de orgulho para nós”, comentou.

Já a deputada estadual Cloara Pinheiro disse que a entrega do ônibus, de forma inédita, é um grande presente de Natal para a instituição filantrópica que ela conhece desde o seu surgimento, em 1996. A governante aproveitou a ocasião para anunciar outra novidade: o repasse de mais R$ 100 mil obtidos com recursos estaduais para a Associação Flávia Cristina.

“Acompanho o trabalho desta equipe tão incrível e dedicada desde a inauguração do espaço, então, para mim, também é um dia histórico. Em 2023, completei 60 anos de idade e iniciei minha jornada como deputada estadual, em um ano de vários desafios. Um deles foi tentar ajudar a Associação Flávia Cristina a desenrolar a questão do ônibus, que estava parada há quase dois anos por aspectos burocráticos. Felizmente, conseguimos ter sucesso nessa articulação e todos que lutaram por isso tem grande mérito. Essas crianças e todo o público atendido precisavam disso e fico muito contente por ter sido uma das peças atuantes”, declarou.

O vereador londrinense Emanoel Gomes enalteceu a força do trabalho em conjunto, envolvendo diferentes poderes públicos, para viabilizar melhorias à população. “A gente só tem a parabenizar a instituição contemplada por essa iniciativa. A união é a base de tudo e, mais uma vez, vemos o resultado dessa integração. É o nosso dever. Claro que queríamos que essa situação tivesse sido solucionada antes, mas felizmente o êxito foi alcançado e o Município de Londrina fez oficialmente o repasse do veículo após recebe-lo do governo estadual”, pontuou.

Também participaram da entrega, na sede da Prefeitura, o vice-prefeito de Londrina João Mendonça, o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Régis Choucino, o chefe de gabinete, José Otávio Ereno, o ouvidor-geral do Município, Alexandre Sanches, e Márcia Barioto, servidora municipal da Educação, representando a secretária da pasta, Maria Tereza Paschoal.

Sobre a Associação Flávia Cristina

A entidade sem fins lucrativos atende pessoas com necessidades educacionais especiais, incluindo educação infantil, fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A atuação inclui serviços de reabilitação da comunidade em geral e envolvem atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com centro clínico que possibilita outros atendimentos à população através de projetos solidários e da implementação de atividades e equipamentos que tragam cada vez mais condições de reabilitação ou manutenção da saúde de todos aqueles que frequentam a Associação, em todas as modalidades.

O Centro Clínico é voltado para a reabilitação de pessoas com deficiência e para a restauração da saúde em geral, a partir de especialidades como fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, psicopedagogia, hidroterapia e cinoterapia. Também são realizados os atendimentos, acompanhamentos e encaminhamentos necessários na área da Assistência Social.

Com isso, a Associação exerce um papel no meio social, cultural e no ambiente físico. Parte dos trabalhos ocorrem por meio de parcerias com as secretarias municipais de Saúde e Assistência Social.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.