Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A empresa Sistemma Assessoria de Construções e a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU- LD) aceitaram, em audiência de Dissídio Coletivo realizada na sexta-feira (10), conceder um benefício extra, em pagamento único, de R$ 160,00 para cada trabalhador. O valor será pago junto com o salário do mês e faz referência ao Dia do Gari, que se comemora em 16 de maio.

A audiência foi realizada na modalidade virtual e foi presidida pelo desembargador Marco Antônio Vianna Mansur, vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-PR). O Ministério Público do Trabalho (MPT) foi representado na audiência pelo Procurador Regional Luiz Renato Camargo Bigarelli.

A proposta do pagamento extra foi apresentada pelo Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação, Limpeza Urbana, Limpeza Pública e em Geral, Ambiental, Áreas Verdes, Zeladoria e Serviços de Terceirização de Londrina e Região (Siemaco Londrina) e pela Federação dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Paraná.

A ideia dos representantes dos trabalhadores era tornar mais atrativa a oferta patronal de reajuste de 5% no salário e de 7% no auxílio-alimentação. Essa proposta foi apresentada pela empresa na audiência anterior, realizada na segunda-feira, dia 6. O pedido inicial dos trabalhadores era de 5% no salário e de 10% no auxílio-alimentação.

A proposta será submetida à categoria em assembleia. Ficou estipulado que, sendo aceita pelos trabalhadores, as partes levarão o Acordo Coletivo para registro, dispensando a homologação pela Justiça do Trabalho. A CMTU atua no processo como terceira interessada. A Companhia faz parte da administração indireta da Prefeitura de Londrina e gerencia a área de coleta de lixo na cidade.

Heliberton Cesca/Asimp/Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-PR)

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.