Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Encontro, que reuniu especialistas e líderes da área de inovação e tecnologia do Estado, premiou Londrina em três categorias e a cidade vai receber a edição de 2024 do evento

Na última terça e quarta-feira (21 e 22), o governo do estado realizou o 5⁰ Encontro Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná, em Guarapuava. Londrina foi representada pelo presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani, que recebeu a chave simbólica do evento e a notícia de que Londrina vai ser a sede da edição de 2024.

 “É uma grande satisfação ver o reconhecimento de Londrina por pessoas do Estado e de lideranças nacionais. Foi um grande Encontro que o Paraná faz pra discutir a inovação dos ecossistemas de inovação, e o nosso Ecossistema, participou com grande destaque porque é um case de sucesso para o Paraná e o Brasil”, avaliou o presidente da Codel.

O protagonismo de Londrina no evento estadual não se resumiu no anúncio como o novo anfitrião da próxima edição, mas também pelo reconhecimento e receber o Prêmio Sebrae Habitats de Inovação do Paraná. Quem recebeu o troféu foi o diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Roberto Moreira. “Foi um reconhecimento de projetos que se destacaram nas categorias que impactam o Ecossistema do Estado, e nós ganhamos pelo destaque na região norte com o melhor parque tecnológico da região, o nosso Parque Tecnológico Francisco Sciarra. Fomos ovacionados por autoridades de várias cidades além dos 188 ambientes de inovação do Estado presenciaram este momento”, detalhou.

Ainda referente ao Prêmio Sebrae Habitats de Inovação, o consultor e responsável por ecossistemas de inovação e ambientes de inovação na Regional Norte do Sebrae, Heverson Feliciano, lembrou que Londrina tem 20 ambientes de inovação credenciados, ficando atrás somente da capital Curitiba. “É um ótimo resultado para a região porque proporciona o fortalecimento e o crescimento do número de ambientes de inovação, o que naturalmente deve aumentar no próximo ano”, observou.

A condecoração do Sebrae se divide em sete categorias com premiação regional e estadual. Londrina levou cinco troféus, três na regional e dois na estadual. Na categoria regional, o Parque Tecnológico Francisco Sciarra levou como o melhor parque tecnológico. A Agência de Inovação Tecnológica (Aintec) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) ganhou como melhor centro de inovação tanto nas categorias regional e estadual e a Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica (Intuel), também da UEL, arrebatou nas categorias regional e estadual, como melhor incubadora.

O turismo de Londrina também esteve presente para receber a certificação do credenciamento do Hub de Inovação de Turismo. A diretora de Turismo da Codel, Márcia Tanisawa, representou também a governança de turismo no evento. “O Hub é um ambiente de inovação que reúne entidades da cadeia de valor do turismo e empresas de bases tecnológicas para conexões e geração de negócios, além de potencializar e fortalecer conexões inovadoras em prol do desenvolvimento sustentável do setor”, explicou.

O 5⁰ Encontro Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná é coordenado pelo Sistema Paranaense de Parques Tecnológicos (Separtec), que faz parte da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.