Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Dados do Caged registraram evolução do mercado formal com saldo positivo em todos os seis primeiros meses do ano; em junho, foram 7.528 admissões e 6.759 desligamentos, o que resultou em 769 de saldo positivo na balança da empregabilidade

O primeiro semestre de 2022 apresentou crescimento do mercado formal de trabalho em todos os meses do ano em Londrina. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nessa tarde (28). No acumulado do ano, já são 3.374 empregos criados na cidade e um crescimento de 2,25% do mercado de trabalho com carteira assinada em Londrina.

Em junho de 2022, foram 7.528 admissões e 6.759 desligamentos, o que resultou em 769 de saldo positivo na balança da empregabilidade. O setor de serviços se destacou com o maior crescimento percentual (0,81%) e também o melhor desempenho em números absolutos com 635 de saldo. Quase todos os setores tiveram saldo positivo. E mesmo o setor de agropecuária, que foi o único que não teve um desempenho positivo, fechou apenas uma vaga de emprego em junho.

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, acredita que essa tendência deverá se manter. “Nós estamos trabalhando, todos os dias, para criar condições boas para os negócios locais e, também, para tornar a cidade atrativa para investidores e novos empreendimentos. Tudo isso faz com que mais oportunidades de emprego surjam e, consequentemente, nosso mercado formal fique mais aquecido fazendo com que a roda da economia gire. Londrina tem se consolidado, cada vez mais, como um município inovador e nossa expectativa é que esse desempenho só melhore até o final do ano”, garantiu o prefeito.

O secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, lembrou que, além de criar um ambiente favorável e de confiança, a Prefeitura também tem qualificado o trabalhador para as oportunidades “Investimos mais de R$ 200 mil em contratações diretas em cursos de qualificação profissional em diferentes áreas, além de toda as oportunidades dos programas de gratuidade de parceiros que fazemos chegar ao trabalhador. Isso permite que, quando surgir a chance de emprego, o londrinense esteja capacitado e pronto para abraçar a oportunidade”, garantiu o secretário.

O presidente da Codel, Bruno Ubiratan, destacou o programa de qualificação em tecnologia que a Prefeitura desenvolveu. “Preparar o trabalhador para as oportunidades, como o secretário Gustavo e a Secretaria do Trabalho vem fazendo, é extremamente importante. Acreditando nisso, nessa semana, a Codel abriu inscrições para o maior programa de formação em tecnologia do país, o Empregatech, que vai começar a suprir a demanda da área de TI na nossa cidade. Essa é só mais uma, das muitas, ações que a Prefeitura vem fazendo para dar condições do londrinense conquistar a sonhada vaga no mercado de trabalho”, frisou Ubiratan.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.