Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O polo regional funcionará na sede da Sociedade Rural do Paraná; prefeito Marcelo Belinati assinou Carta de Intenções com o novo cônsul-honorário Ricardo Neukirchner, empossado oficialmente na quarta-feira (7)

Com o intuito de fortalecer a representação alemã em toda a região norte do Paraná, entre outras áreas de alcance no estado, o Consulado Honorário da Alemanha agora passa a ter Londrina como nova casa. A sede da instituição diplomática, cuja base ficava em Rolândia, está sendo transferida para Londrina, a fim de proporcionar mais visibilidade, agilidade e facilidade de acesso aos cidadãos que precisam dos serviços prestados neste polo. Com a novidade, a cidade torna-se uma das referências oficiais da Alemanha no Paraná, onde a capital Curitiba também possui um Consulado Honorário do país europeu.

A notícia foi divulgada na quarta-feira (7), quando o novo cônsul-honorário da Alemanha em Londrina, Ricardo Neukirchner, tomou posse do cargo oficialmente, em solenidade realizada na sede da Sociedade Rural do Paraná (SRP), no Parque de Exposições Ney Braga. O titular nomeado substitui Adrian von Treuenfel, que comandou o Consulado Alemão em Rolândia por 23 anos, na instituição que funcionou na cidade por mais de seis décadas.

A cerimônia contou com a presença, entre outras autoridades locais, da cônsul-geral da Alemanha em São Paulo, Martina Hackelberg. O secretário municipal de Governo de Londrina, João Luiz Esteves, representou o prefeito Marcelo Belinati, que viajou a trabalho. Também participaram o cônsul-honorário da Alemanha em Curitiba, Andreas Hoffrichter, o ex-cônsul honorário da Alemanha em Rolândia, Adrian von Treuenfel, o prefeito de Rolândia, Aílton Maistro, e o presidente da Sociedade Rural do Paraná, Marcelo Janene El-Kadre.

Nessa semana, Ricardo Neukirchner esteve com o prefeito de Londrina em visita à sede administrativa municipal. Uma Carta de Intenções foi assinada entre o Município, o Consulado-Geral da Alemanha em São Paulo e o Consulado do Norte do Paraná, em transferência para Londrina. Por meio do documento, as partes manifestam oficialmente a intenção de estabelecer bases para futuras parcerias cooperativas e projetos em comum, visando atrair negócios e mobilizar instituições de ensino e empresas. Ainda prevê a troca de experiências e articulações para áreas diversas como educação, cultura, economia, turismo, agronegócio, lazer e outras.

Neukirchner enfatizou que trazer o Consulado Honorário da Alemanha para Londrina gera acesso mais fácil a serviços, possibilidades de interações entre diferentes atores, realça a marca da instituição, traz mais visibilidade ao órgão e estimula relações de negócio na região. “A intenção é aprimorar o fluxo e presença do Consulado, tendo a força e nome de Londrina como formas de impulsionar ações produtivas para a cidade como um todo. Esse trabalho cria diferentes potencialidades para costurar parcerias, mostrar à população o papel da instituição, trazer comitivas de empresários brasileiros e estrangeiros para conhecer nossa região, incentivando o desenvolvimento. A Carta de Intenções é um primeiro passo nesse processo, criando uma via inicial de duas mãos entre a Prefeitura e o Consulado, ramal que poderá agregar outros componentes”, destacou ele.

O escritório da unidade do Consulado Honorário da Alemanha em Londrina ficará instalado na área administrativa da sede da Sociedade Rural do Paraná, nas dependências do Parque de Exposições Governador Ney Braga. O espaço começará a funcionar oficialmente após o término da 62ª ExpoLondrina, entre o final de abril e o início de maio deste ano. Nesse ínterim, a unidade em Rolândia segue funcionando, na avenida Expedicionários, 342, Centro, Rolândia.

Para o prefeito Marcelo Belinati, contar com uma sede do consulado alemão é uma grande honra para Londrina, significando a chegada de um polo que eleva o nome da cidade. “Serão beneficiados muitos cidadãos londrinenses e de várias outras cidades que poderão usufruir, aqui mesmo, dos serviços ofertados por uma representação dessa natureza, cujo papel de suporte à comunidade é tão importante. Londrina vive um momento especial em diversos campos e essa novidade apenas fortalece o processo de crescimento atual. Ficamos imensamente contentes com a chegada do Consulado da Alemanha, a ser dirigido pelo novo cônsul-honorário Ricardo Neukirchner, que vive e trabalha em Londrina há muitos anos e saberá conduzir muito bem os trabalhos”, avaliou.

O Consulado Honorário tem como missão precípua desempenhar uma boa representação da Alemanha no Paraná, incentivando a amizade entre os povos e as relações bilaterais entre Brasil e Alemanha. Presta serviços à comunidade alemã no Paraná, residentes ou visitantes estrangeiros na região, e visa estimular parcerias, cooperação, investimentos e programas de estudo, a integração do comércio, indústria, educação, agronegócio, além dos aspectos sociais e culturais entre os dois países. Permite ao público o conhecimento dos benefícios que podem ser gerados pela integração e intercâmbio entre Brasil e Alemanha.

A instituição diplomática oferece serviços consulares como emissão de passaporte alemão, certidões de casamento, atestados, autenticações e outros documentos a estrangeiros residentes no Brasil, bem como seus descendentes.

Segundo Ricardo Neukirchner, sendo o agronegócio uma pauta importante na relação entre os governos de Brasil e Alemanha, a ideia é abrir novas oportunidades nesse segmento para o Paraná. “Levando em conta que nossa região se destaca nacionalmente nessa área, a parceria entre o Consulado e a Sociedade Rural do Paraná, onde ficará instalada a nova casa, foi firmada para agilizar esse processo, principalmente na região norte do Paraná, mirando o desenvolvimento regional e o incremento de novas tecnologias”, projetou o cônsul-honorário.

A cônsul-geral da Alemanha em São Paulo, Martina Hackelberg, sublinhou que a presença alemã em Londrina, contando com uma unidade oficial de consulado, tende a produzir resultados frutíferos para fortalecer as relações entre os países. “Nesse cenário, com consulados atuando em mútua cooperação, abrem-se portas para a criação de um ambiente construtivo que estimula a integração entre órgãos e entidades da região de Londrina, e também de fora do Brasil. Fiquei muito feliz e grata em poder participar da posse do cônsul-honorário Ricardo Neukirchner e por assinar esse documento que busca aproximar as instituições”, afirmou.

Nesse contexto, o secretário municipal de Governo, João Luiz Esteves, ressaltou que Londrina está conseguindo, com papel ativo do Município e seus parceiros, ampliar sua rede de relações com países de diferentes partes do mundo. “Essa troca é essencial e vem se intensificando, seja junto às chamadas cidades co-irmãs ou com aquelas com quem temos parcerias e excelente trânsito enquanto poder público. Este trabalho vem ganhando corpo dentro de nossa própria estrutura administrativa, o que permite ampliar os ramais de contato e o alcance dos intercâmbios diplomáticos. Essas tratativas possibilitam articulações junto a vários países, alguns dos quais com história de imigração em nossa região e que contribuíram com a formação de Londrina, e a Alemanha, um desses exemplos, agora é uma chance de prospectarmos iniciativas e perspectivas de futuro”, comentou.

Juntamente a esses fatores, representantes de várias localidades visitam a Prefeitura de Londrina para conhecer as políticas e serviços públicos que a administração realiza na cidade e servem como exemplo para várias outras.

Além da chegada do Consulado Honorário da Alemanha, Londrina conta com o Consulado Honorário de Portugal, o Vice-Consulado da Itália e o Vice-Consulado da Espanha, bem como representações não-oficiais de países como o Japão.

Sobre o novo cônsul-honorário

O titular do Consulado da Alemanha no Norte do Paraná, Ricardo Neukirchner, é brasileiro, nascido em São Paulo (SP), filho de mãe e pai alemães que se mudaram do país de origem e vieram para o Brasil, até chegarem ao Paraná. Vive e trabalha em Londrina há 30 anos, é engenheiro agrônomo, agricultor e administrador de empresas.

Atualmente, é diretor de Aquicultura da Sociedade Rural do Paraná, diretor da AquaGenetics do Brasil, Diretor de Negócios da GenoMar América Latina, diretor da Agropecuaria Belmonte, e membro diretor do Conselho da Associação Brasileira de Piscicultura. “Estou aqui já faz muitos anos, já me tornei um verdadeiro pé-vermelho de Londrina. Adoro essa terra e posso dizer que é a minha cidade hoje”, disse.

Também participaram da posse do novo cônsul em Londrina o presidente da Câmara Municipal de Londrina, Emanoel Gomes; o vice-cônsul da Itália em Londrina, Bruno Veronesi; e a diretora de Governança e Relações Internacionais da Secretaria Municipal de Governo, Liz Rodrigues.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.