Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Foram apresentados os projetos e programas do Ministério do Esporte e os técnicos do Ministério realizaram uma capacitação de entidades e prefeituras para a captação de recursos

Ontem (27), o ministro do Esporte, André Fufuca, esteve em Londrina, onde se reuniu com diversos prefeitos do Paraná, incluindo o de Londrina, Marcelo Belinati, para apresentação dos programas e projetos do Ministério. Após a reunião, técnicos do Ministério do Esporte realizaram uma capacitação de entidades e prefeituras para a captação de recursos.

O encontro aconteceu no auditório da Ordem dos Advogados de Londrina (OAB), e contou com a presença de representantes de 48 municípios paranaenses, assim como de diversas lideranças e entidades esportivas. É a primeira vez que o ministro do Esporte, André Fufuca, visita o Paraná, e escolheu Londrina para ser a primeira cidade. Ele veio a convite do deputado federal Diego Garcia e do prefeito Marcelo Belinati. O vereador e vice-presidente da Câmara de Londrina, Mestre Madureira, contribuiu para a divulgação da visita aos municípios.

O ministro André Fufuca informou que seu ministério tem projetos pioneiros, que serão instituídos no começo do próximo ano, e visam dar condição digna para todos os que são amantes do esporte e aqueles que querem praticar, de forma saudável, atividades esportivas. “Temos, também, programas de inclusão, como o Segundo Tempo, que será anunciado, provavelmente, até o meio de janeiro de 2024, e será divulgado para todos os cantos do Brasil. É uma iniciativa voltada à promoção de atividades esportivas de contraturno nas escolas. É por isso que fizemos questão de estar aqui em Londrina, com os prefeitos do Paraná, secretários municipais, e uma parte da bancada federal do Paraná, que também entende a necessidade de ampliar estes programas. Somente através de parcerias vamos conseguir estendê-los para todo o Brasil”, afirmou.

Conforme Fufuca, na reunião também foram apresentadas as emendas parlamentares e ações do Ministério, bem como a Lei de Incentivo ao Esporte que, segundo ele, é uma das medidas mais importantes que o Ministério tem para poder para executar qualquer tipo de ação. “Esta lei é responsável por quase 70% do orçamento de investimentos do Ministério, então é importante que os prefeitos, as instituições e as empresas tenham conhecimento sobre isso para ajudar nesta construção”, disse.

O ministro destacou que duas das emendas divulgadas, no valor de R$ 955 mil e R$ 785 mil, serão destinadas à Prefeitura de Londrina para a modernização de quadras e ginásios, em locais ainda a serem definidos. Outros recursos federais, perfazendo R$ 1 milhão, serão investidos em uma pista de skate que será construída próximo ao Lago Igapó, nas cercanias da Casa do Papai Noel. Essa obra tem o valor total de R$ 2 milhões e a licitação para a elaboração do projeto está na fase de trâmites internos.

O prefeito Marcelo Belinati agradeceu a visita do ministro e a presença de todos os prefeitos e lembrou que Londrina é o primeiro município do estado a ser visitado pelo ministro. “A vinda do ministro visa mostrar a Londrina e aos outros municípios quais são os projetos que estão disponíveis no governo federal, pois, muitas vezes, há o recurso mas faltam bons projetos. Então, os prefeitos, as lideranças, os técnicos, secretários e especialistas na área, sabendo quais programas estão disponíveis, poderão elaborar os projetos e reivindicar recursos para levar melhorias para seus municípios”, frisou.

Marcelo também enfatizou a importância do esporte na vida das pessoas e falou sobre o investimento do Executivo municipal na área esportiva. “O esporte é transformador porque muda a vida das pessoas para melhor e dá um encaminhamento à vida dos jovens. Londrina tem um grande programa de incentivo ao esporte, que atua na revitalização de praças e parques, construção de campos de futebol, melhorias nas quadras, e também o Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), que atende milhares de jovens”, realçou.

De acordo com o presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Marcelo Oguido, essa aproximação entre as esferas federal e municipal é muito importante para a viabilização conjunta de programas e projetos. “Apresentamos ao ministro importantes projetos que estão sendo desenvolvidos pela FEL. Entre eles, estão a construção de três praças esportivas nos bairros Vila Romana, Maracanã e São Jorge, para as quais solicitamos R$ 4,5 milhões através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Além disso, também falamos sobre a reforma do Ginásio Alceu Malucelli, a construção de mais um ginásio esportivo em Londrina e a reforma da Praça da Juventude da região norte”, salientou.

O deputado federal Diego Garcia, que convidou o ministro para vir a Londrina, disse que o Paraná está perdendo muito na captação de recursos e que o estado tem condições de crescer nesta área. “O ministro veio apresentar os programas do governo federal e os projetos que têm patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte, pois muitos projetos não estão sendo aprovados no Paraná. Queremos mostrar esta possibilidade às associações, entidades, secretários e prefeitos, independentemente da modalidade, e colocamos a nossa equipe para dar orientações, a fim de que os municípios apresentem projetos. O Ministério acabou de abrir um programa, que vai até setembro de 2024, então a hora de buscar mais recursos para o esporte no nosso estado é agora”, contou.

O deputado também informou que o Instituto Tiago Camilo, de judô, já é realidade na zona sul de Londrina e está atendendo 170 crianças, com aulas de judô durante a semana, de forma totalmente gratuita, e que a intenção é chegar a 200 ou mais crianças. “O Instituto Tiago Camilo entra com os equipamentos, os quimonos, e com os professores. Nós, junto ao Ministério do Esporte, através de uma emenda parlamentar minha, estamos viabilizando o projeto. No momento, estamos com mais R$ 1 milhão empenhado, para a criação de mais cinco polos de judô no Estado, sendo mais dois para Londrina (um para a zona norte e um para a leste), além de Cambé, Ibiporã e Andirá”, apontou Garcia.

O vereador e vice-presidente da Câmara, Mestre Madureira, que contribuiu para a divulgação da visita do ministro aos municípios, destacou que a pauta do encontro é muito importante. “Hoje, o governo federal tem programas muito bons e quem mexe com o esporte precisa conhecê-los para poder montar suas entidades, associações, e concorrer a verbas do governo federal, para somar junto com o município e o Estado”, frisou.

Madureira também afirmou que o esporte de rendimento tem um grande impacto positivo para a cidade, apresentando bons resultados mensalmente, nacionais e internacionais, porém é preciso avançar na iniciação esportiva. “Com isso, além de melhorar a vida e a educação das crianças, teremos mais atletas no futuro”, afirmou.

Entre as autoridades presentes, estiveram o vice-prefeito, João Mendonça; o presidente da Fundação de Esportes de Londrina, Marcelo Oguido; a ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti; o deputado federal e secretário de Estado da Indústria e Comércio do Paraná, Ricardo Barros; o deputado federal Marco Brasil; os vereadores Chavão, Lenir de Assis, Deivid Wisley, Professora Sônia Gimenez, Professora Flávia Cabral, e Eduardo Tominaga, líder do executivo na Câmara; a coordenadora do Núcleo Regional da Casa Civil do Governo do Paraná, Sandra Moya; os prefeitos dos municípios de Cornélio Procópio, Maringá, Rolândia, Janiópolis, Lupionópolis, Figueira, Arapuã, Barra do Jacaré, Alto do Paraná, Bandeirantes, Salto do Itararé, Florestópolis, Santana do Itararé, Prado Ferreira e Ibiporã.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.