Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A data do aniversário de 89 anos do município foi escolhida para lançamento da marca que vai simbolizar a contagem regressiva para as nove décadas da cidade

A comissão julgadora do concurso da logomarca comemorativa aos 90 anos da cidade, se reuniu nesta semana para avaliar os 37 projetos inscritos. O certame teve a participação de profissionais da área, agências de marketing e pessoas fora do meio da comunicação, sendo a maioria de Londrina. O encontro dos seis julgadores se deu no Espaço Villa Rica, local histórico e símbolo da movimentação artística de Londrina.

A escolha final se baseou em cinco critérios: criatividade, originalidade, comunicação, aplicabilidade e relação com conceito, tema e objeto. “Foi bastante difícil escolher pela qualidade dos concorrentes”, declarou a responsável pela comissão julgadora e presidente da governança Londrina Inteligente, Cristianne Cordeiro, que é também assessora de relações institucionais da Fundação Araucária.

Segundo o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, mais do que o prêmio de R$ 2 mil para o vencedor, a maior recompensa do concurso é contribuir e participar desse momento especial da cidade. “A logo nova vai ser usada em toda a comunicação relacionada às comemorações e eventos, durante todo o ano que vem, pelos órgãos públicos e privados. As empresas também vão poder utilizar, ou seja, vamos juntos mobilizar a cidade”, explicou.

Sem revelar qual a cidade do profissional vitorioso, Cristianne apontou as características que levaram a comissão ser determinante na escolha. “A logomarca precisa gerar nas pessoas uma identificação com a marca, que seja forte e representar, de forma fácil, a que ela se propõe”, avaliou. O concurso é uma promoção do Visite Londrina, com o apoio da Prefeitura de Londrina, por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani, disse que a nova logomarca vai ser apresentada no domingo de manhã, durante as ações comemorativas ao aniversário de Londrina, que vai ocorrer no parque Arthur Thomas. “Esse é mais um presente pra cidade. A partir de domingo (10) vamos entrar em contagem regressiva para os 90 anos, e a proposta dessa logomarca vem pra dar vida a esse momento e envolver todo mundo”, analisou.

Cristianne revelou que a organização deve promover uma nova apresentação com elementos das demais logomarcas. “Foi inspirador ter feito a análise num local tão significativo quanto o Villa Rica. Dentre as demais logomarcas, ficamos encantados com diversos elementos que podem ser aproveitados futuramente. Vamos analisar de criar uma edição especial para apresentar”, afirmou.

A comissão julgadora foi formada por representantes de diversos setores da sociedade civil. São eles: Cristianne Cordeiro Nascimento, Londrina Inteligente e Fundação Araucária; Rosane Fonseca de Freitas Martins, Departamento de Design da Universidade Estadual de Londrina (UEL); Bárbara Della Libera Gonçalves, Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Zuila de Oliveira, Lavi Audiovisual; e Mario Seki, Unifil e Associação de Profissionais de Propaganda (APP).

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.