Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Cohapar realizou ontem (22) as entregas dos Residenciais London Garden, em Londrina, e Nova Santa Cruz, em Santa Cruz de Monte Castelo, regiões Norte e Noroeste do Estado. Ao todo, 237 famílias conquistaram o sonho da casa própria.

A Cohapar realizou ontem a tarde (22) as entregas dos Residenciais London Garden, em Londrina, e Nova Santa Cruz, em Santa Cruz de Monte Castelo, regiões Norte e Noroeste do Estado. Ao todo, 237 famílias conquistaram o sonho da casa própria, dentre as quais 163 receberam recursos por meio do programa Casa Fácil Paraná, totalizando um aporte estadual direto de mais de R$ 2,4 milhões. Somadas, as obras tiveram investimentos na ordem de R$ 36 milhões e resultam da parceria entre Estado, Caixa Econômica Federal e iniciativa privada.

O Residencial London Garden foi executado pela Construtora e Incorporadora Pride. O programa Valor de Entrada beneficiou 128 famílias com subsídio de R$ 15 mil cada para custeio do aporte inicial da aquisição. São 196 apartamentos ao todo, com plantas arquitetônicas de 37,64 m², 47,44 m² e 47,71 m², divididos em dois quartos, sala, banheiro social, cozinha e área de serviço integradas.

As unidades, que foram comercializadas a partir de R$ 137 mil, foram entregues com ponto de ar condicionado, piso laminado nos quartos e cerâmico nos demais ambientes. O empreendimento conta com elevadores em todas as torres, lazer completo, infraestrutura consolidada na região e tem localização estratégica, próximo a diversos serviços e comércios.

Rodrigo Fernandes de Souza, de 24 anos, novo morador, destacou que o recurso estadual ajudou a deixar para trás o peso do aluguel. “O valor que eu pagava era três vezes mais do que a prestação de algo que agora é meu. Então é um alívio”, destacou.

“O subsídio ajudou demais, foi o que fez a gente conseguir comprar, porque só pela renda não teria condições. Só queremos mudar e ser feliz, é a realização de um sonho", completou o operador de produção, Cleiton Anderson Bernardino de Souza, 35 anos.

Já o Residencial Nova Santa Cruz II, de 35 unidades habitacionais, foi construído pela H3 Empreendimentos e todas as casas foram subsidiadas pelo Estado. Os imóveis, cujas vendas partiram de R$ 133 mil, têm metragens de 46,32 m² e 49,32 m², sendo esta última adaptada para pessoas com deficiência. São compostos por dois quartos, banheiro social, sala, cozinha e área de serviço e os terrenos possibilitam ampliações futuras.

O técnico em enfermagem Joel Oliveira, de 56 anos, também comemorou o apoio do Estado. “Já tinha feito inúmeras inscrições e nunca dava certo. Mas chegou o dia. É muita emoção", disse.

Casa Fácil 

O Casa Fácil, coordenado pela Cohapar, concede R$ 15 mil de subsídio a pessoas com renda familiar mensal de até três salários mínimos, que comprovem não possuir outro imóvel e nem terem sido beneficiadas por programas habitacionais do Poder Público anteriormente. Além do recurso estadual, os mutuários têm a possibilidade de acessar descontos variáveis, conforme a renda, por meio do programa federal Minha Casa, Minha Vida, e também utilizar o FGTS para abater o saldo devedor.

AEN

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.