Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Comitiva veio conhecer a gestão do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) pela administração londrinense, com vistas a embasar a implantação da ferramenta no município do oeste paranaense

Uma comitiva de servidores municipais de Foz do Iguaçu esteve em Londrina entre segunda e terça-feira (26 e 27) com o objetivo de visitar a Prefeitura e entender como a administração londrinense gerencia o Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

Entre outras atividades, a delegação iguaçuense participou de reuniões com o diretor de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), Márcio Horaguti, e com a diretora de Gestão de Informações e Arquivo Público da Secretaria Municipal de Gestão Pública (SMGP), Michele Guilherme da Silva.

Nesses encontros, os servidores londrinenses explicaram como a Prefeitura utiliza o sistema SEI, e forneceram informações e orientações sobre os procedimentos para a implantação da ferramenta. Os visitantes também conheceram as equipes responsáveis pela gestão do SEI na Procuradoria-Geral do Município (PGM), na Secretaria Municipal de Fazenda (SMF) e na Corregedoria-Geral do Município (Cogem). Além disso, conversaram com os servidores da área de infraestrutura da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), com o objetivo de aprender mais sobre como fazer o gerenciamento do sistema com segurança e eficiência.

Conforme a fiscal de Preceitos, Denise Scherer, gestora da implantação do sistema SEI em Foz do Iguaçu, o objetivo da visita foi conhecer soluções e caminhos para a adoção da ferramenta de gerenciamento de processos eletrônicos.

“A Prefeitura de Foz do Iguaçu já iniciou a implantação do sistema SEI e estávamos trabalhando no escuro, então essa é uma visita muito útil, de grande valia para nós. Embora o SEI seja utilizado por vários órgãos do Brasil todo, e haja muitas explicações disponíveis na internet, nada melhor do que poder conversar com quem passou por essa implantação e já resolveu os problemas que aparecem no caminho. Um aspecto especial da Prefeitura de Londrina é que a implantação aqui está muito bem explicada e mapeada, tanto para o usuário interno quanto para o usuário externo. Nós pretendemos nos basear nisso e seguir o mesmo rumo”, afirmou.

Ainda segundo Scherer, os servidores de Foz do Iguaçu fizeram o contato e agendaram a visita porque perceberam que Londrina está muito avançada em relação aos outros munícipios, no que se refere ao uso do sistema SEI. “Aqui em Londrina, o SEI é utilizado para muitos tipos de procedimentos, representando mais de 90% dos processos administrativos. É um sistema prático e que representa uma economia muito significativa de recursos públicos, pois é cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Isso vai beneficiar a Prefeitura de Foz do Iguaçu, pois vamos adotar o SEI no lugar do sistema pago que utilizamos atualmente”, sublinhou.

A diretora de Gestão de Informações e Arquivo Público da Secretaria Municipal de Gestão Pública (SMGP), Michele Guilherme da Silva, frisou que a Prefeitura de Londrina já recebeu representantes de outras cidades, como Maringá e Sarandi, que vieram conhecer o sistema SEI. “A Secretaria de Gestão Pública e a DTI atuam em parceria, então, quando recebemos essas visitas, a gente apresenta tanto a parte técnica quanto a parte de processo e gestão do sistema e dos usuários”, disse.

Da Silva destacou, também, que essa troca de informações entre diferentes secretarias municipais e entre instituições distintas é muito positiva para todos os envolvidos. “Quando fizemos a implantação do sistema SEI aqui em Londrina, buscamos essas informações junto a outros órgãos governamentais, e agora podemos compartilhar nossa experiência com outros municípios”, pontuou.

Também compuseram a delegação iguaçuense o coordenador de Sindicância e Processos Disciplinares da Procuradoria-Geral do Município de Foz do Iguaçu, Sandro Miguel Souza, o supervisor de Protocolo Geral, Gilmar César Boita, e o fiscal e analista de sistemas, Sandro Castro.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.