Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Centro de Recreação e Lazer Luigi Borghesi vai receber várias melhorias e novos equipamentos, incentivando a população a desfrutar do espaço público

A área de lazer mais tradicional e movimentada de Londrina, o Zerão, vai receber uma grande revitalização nos próximos meses. A Prefeitura de Londrina está licitando a execução dessa obra, com valor máximo de R$2.209.023,45. As melhorias no Centro de Recreação e Lazer Luigi Borghesi visam beneficiar toda comunidade londrinense, oferecendo um espaço mais seguro, adequado e agradável para a população, seja para praticar esportes ou em atividades de lazer e descanso.

Para realizar essa obra, a Prefeitura publicou o edital de licitação n° 6/2024. Em formato de concorrência, será considerada vencedora a empresa que apresentar o menor preço para cada um dos dois lotes, e ao mesmo tempo cumprir todas as exigências de habilitação, incluindo a documentação obrigatória. As propostas e documentos das empresas interessadas podem ser submetidos até a próxima quarta-feira (3), com o início da sessão para lances agendado para 13h.

No total, a área do Zerão a ser beneficiada pela revitalização será de 29.344,10m². O prazo máximo para execução dos serviços será de 180 meses. Entre a lista de atividades, o projeto inclui recuperação da pista de caminhada, substituição de alambrados, instalação de novos equipamentos para a Academia ao Ar Livre e bancos de concreto, plantio de grama, colocação de lixeiras, implantação de sistema de drenagem com boca de lobo e poço de visita, entre outras. São previstos espaços próprios para a prática de basquete, skate, futebol suíço e gateball, além de uma quadra poliesportiva.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, detalhou que os recursos aplicados para essa obra são fruto de uma emenda parlamentar obtida pela deputada federal, Luísa Canziani. “Esse investimento é fruto de emenda da deputada Luísa, e com isso o coração da nossa cidade ficará muito bonito. Estamos trabalhando nesse projeto há bastante tempo, com técnicos do IPPUL e da Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação. Serão feitas reformas estruturais, cuidando das questões da erosão das calçadas, das escadas; vamos construir rampas para acessibilidade, consertar as quadras e mover a Academia ao Ar Livre para um lugar mais adequado”, completou.

O projeto para revitalização do Zerão é de autoria dos arquitetos Amanda Salvioni Sisti, Kaio Henrique Suzuki e Fabricio Cazarim Sodré, servidores do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL). A gerente de Projetos Urbanísticos e Edificações do órgão, Amanda Salvioni Sisti, explicou que as melhorias contemplam, de forma geral, a revitalização da pista de caminhada do entorno em pedrisco, reconstrução e reforma de escadas e passarelas que dão acesso à parte inferior do espaço, mais a execução de nova escada para acesso pela Rua Olinda ao lado do anfiteatro.

Com essa reforma, o Zerão também vai ganhar calçadas acessíveis e adequação de terrenos públicos no entorno, caminho acessível ao parquinho infantil e substituição dos brinquedos, reforma completa da “Praça” para atividades físicas com a renovação do piso, substituição das barras de exercício por estações, em atendimento a uma sugestão dos usuários. A relocação da Academia ao Ar Livre inclui a substituição dos equipamentos, e haverá instalação de mobiliário urbano no entorno, com novos bancos, lixeiras, guarda-corpo e paraciclos, mais os serviços de paisagismo.

Sisti concluiu destacando que, após as obras, a comunidade vai poder desfrutar de um Zerão renovado, com reorganização dos espaços de lazer e atividades físicas, bem como novos equipamentos e brinquedos. “O espaço como um todo ficará mais acessível, com uma nova escada para acesso direto ao parquinho infantil, e uma calçada com leve inclinação, como uma espécie de rampa suave seguida de calçada, que garantirá acesso ao parquinho e também a todas as quadras do nível inferior. As calçadas dos lotes públicos do entorno receberão piso tátil e rebaixos de guia para cadeirantes nos pontos adequados para travessia. As escadas, atualmente quebradas, que cederam com o tempo, serão reformadas e receberão novos corrimãos”, finalizou.

NCPML

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.